Segurança

“Motora, devagar”, disse vítima fatal de acidente com ônibus em vídeo

O jovem enviou a gravação para a família pouco tempo antes da tragédia na Serra do Mar; ele e a namorada morreram junto com outras 17 pessoas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

Um vídeo gravado por uma das vítimas fatais do grave acidente com um ônibus de turismo na BR-376, trecho da Serra do Mar, em Guaratuba, no litoral do Paraná, mostra que o rapaz pedia para que o motorista fosse mais devagar durante a viagem. (Assista abaixo)

Nas imagens é possível ver que o dia está amanhecendo quando João Paulo Ferreira Santos, de 25 anos, fala em tom de brincadeira: “Motora, devagar” e, na sequência, passa a brincar com outros passageiros. 

Pedro Marcos, tio do jovem, conta que o sobrinho enviou o vídeo para a família pouco tempo antes do acidente, no qual ele e sua namorada Emanuelle Cristina Miranda, de 26 anos, morreram. Ainda conforme o relato, o casal estava de mudança para Santa Catarina em busca de oportunidades de empregos. 

“Ele gravou um vídeo no ônibus dizendo que estava alegre, conversando com outras pessoas. Falou ainda para o motorista ir devagar. Oito e 30 da manhã a mãe dele falou com ele, ele estava muito alegre, estava chegando no destino. Infelizmente, a gente se depara com essa fatalidade, mas eu tenho certeza que ele está em um lugar bom porque Deus colheu a alma dele, da namorada dele e de todas essas pessoas que vieram com um sonho para cá, para Santa Catarina, em busca de um emprego”, explicou o tio que precisou viajar até Curitiba para reconhecer o corpo do sobrinho. 

Assista ao vídeo:

Ônibus sofre acidente em Guaratuba

A colisão ocorreu na manhã de segunda-feira (25), por volta das 8h30, quando o ônibus de turismo descia a Serra do Mar em direção ao estado de Santa Catarina.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo saiu da pista, colidiu contra a mureta de proteção, tombou às margens da rodovia e caiu em um precipício de cerca de 15 metros.  

acidente-oibus-serra-do-mar
Dezenove pessoas morreram no acidente com o ônibus de turismo na Serra do Mar. (Foto: Divulgação/PRF)

Dezenove pessoas morreram -13 adultos, cinco adolescentes e um bebê de seis meses de idade – e cerca de 33 ficaram feridas na tragédia. A empresa proprietária do ônibus de turismo divulgou a lista de passageiros durante a tarde. No entanto, três deles haviam desembarcado em Curitiba aproximadamente duas horas antes da tragédia.

Nesta terça-feira (26), a Polícia Civil identificou oficialmente 15 das vítimas mortas no acidente.

O caso é investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), de Curitiba, que aguarda o resultados da perícia para entender o que causou a tragédia na Serra do Mar.

Em depoimento, o motorista que dirigia o ônibus no momento do acidente afirmou que houve falha mecânica nos freios do veículo.

“Segundo ele, ao iniciar a serra, ele percebeu que o sistema de freio não estava respondendo, ao visualizar o painel do veículo constatou que o balão de ar do freio do lado direito estava completo. No entanto, o do lado esquerdo estava pela metade e por essa razão, ele não estava conseguindo efetuar a frenagem do veículo. Nesse momento, ele tentou ir para uma área de escape, no entanto, havia alguns veículos que impediram ele de acessar essa área, pensou também na possibilidade de encostar em um bitrem, no sentido de diminuir a velocidade, no entanto, analisou melhor e verificou que essa conduta causaria um risco ainda maior e na, sequência, ao fazer a curva terminou colidindo com a mureta de contenção. O veículo deslizou por alguns metros, tombou e caiu na ribanceira”, contou o delegado Edgar Santana.  

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.