Notícias

Militar acusado de abusar de criança é solto porque ronca muito

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Militar acusado de abusar de criança é solto porque ronca muito
Militar de 77 anos confessou o crime, mas foi solto (FOTO: REPRODUÇÃO/RECORD)

11 de maio de 2019 - 00:00 - Atualizado em 11 de maio de 2019 - 00:00

Um aposentado militar, de 77 anos, que confessou ter abusado sexualmente de uma criança de 8 anos, foi solto do regime fechado porque ronca muito. A autorização para a troca para o regime domiciliar foi concedida nesta semana, dois meses após o homem ser preso. O caso ocorreu em São Paulo.

Os advogados de defesa alegaram que o acusado tem roncopatia e apneia grave do sono, por isso necessita de cuidados especiais.

LEIA TAMBÉM: Com machado e facão, professor surta e faz alunos reféns

Militar solto por roncar demais

A mãe de uma vítima de abuso recebeu uma notícia desagradável nesta semana. Após denunciar o namorado da vizinha, que abusou de sua filha, a mulher foi informada que o homem está solto.

A cabeleireira deixava a criança na casa da vizinha para trabalhar. Entretanto, um dia a menina confessou a mãe que havia sido abusada. “Quando ela me encontrou, ela falou ‘mamãe, posso te falar uma coisa e você não me bate?’. Eu falei pode filha, aí ela falou comigo. ‘Olha o parente lá da vizinha passou a mão nas minhas partes íntimas’”, declarou.

Depois de ser denunciado, o militar confessou o crime. Detido, o homem passou dois meses em regime fechado e conseguiu mudança para o regime domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica.

Apesar do Ministério Público (MP) afirmar que o acusado poderia receber tratamento na unidade prisional, a juíza Marisa Fabiane Lopes Rodrigues concedeu a prisão domiciliar. Como medida preventiva, o homem deverá manter uma distância mínima de 300 metros da vítima e da família.

Confira a reportagem do Balanço Geral:

Siga o RIC Mais também no Instagram, e fique por dentro de todas as novidades!