Segurança

Menino de 2 anos é resgatado após ficar 13 horas perdido em mata; assista ao reencontro emocionante

As buscas duraram a noite toda e o menino só foi localizado por volta das 6h30, debaixo de uma samambaia

Daniela
Daniela Borsuk com informações da repórter Thais Travençoli, da RIC Record TV Curitiba
Menino de 2 anos é resgatado após ficar 13 horas perdido em mata; assista ao reencontro emocionante
(Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)

2 de junho de 2021 - 16:05 - Atualizado em 2 de junho de 2021 - 16:05

Foi encontrado, por volta das 6h30 desta quarta-feira (2), o pequeno Kelvin Camargo, de apenas 2 anos e 5 meses, que ficou perdido em uma região de mata desde às 17h de terça-feira (1º), ou seja, por mais de 13 horas. A situação aconteceu no bairro Ribeirão do Meio, na área rural de Campo Alegre, no Planalto Norte de Santa Catarina, a cerca de 100 km de Curitiba.

Após uma noite e uma madrugada de tensão e desespero, os pais de Kevin puderam abraçá-lo e respiraram aliviados nesta manhã (2).

Veja o reencontro emocionante:

De acordo com informações da equipe de reportagem da RIC Record TV Curitiba, que entrevistou a família do menino, Kelvin mora com a mãe, os avós e um tio e, durante o dia, como os familiares vão trabalhar, ele fica sempre com a avó, de 63 anos. Por volta das 17h, a mulher foi até a cozinha preparar a janta, como faz todos os dias, e o menino ficou na sala, vendo desenho. De um cômodo para o outro é cerca de 15 metros de distância.

A avó contou que Kelvin foi até ela, pediu um iogurte, e voltou para a sala. Minutos depois, quando a mulher foi buscá-lo para dar banho, não encontrou mais o menino. A família estranhou porém o fato dos portões de madeira, que cercam a propriedade, estarem fechados. Isso porque Kelvin não conseguiu abrir os portões e nunca tinha saído sozinho da propriedade.

(Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros)

Desesperada, a família chamou os bombeiros, policiais civis e militares, que se mobilizaram para procurar a criança. As buscas duraram a noite toda e o menino só foi localizado por volta das 6h30, debaixo de uma samambaia, com a roupinha fina que havia saído de casa no dia anterior. A Polícia Civil destacou que foi uma noite e uma madrugada muito frias, que os próprios agentes estavam bastante agasalhados. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Kevin estava consciente e alerta, mas foi encaminhado para o hospital para uma avaliação mais detalhada.

Após ser examinado, Kelvin foi liberado pela unidade de saúde e agora já está em casa, aos cuidados da família.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.