Segurança

Menino de 11 anos baleado na cabeça deve ficar com sequelas e acordou sem saber nome da mãe

A mãe da criança ainda contou que ele está acordado, muito confuso e que vai passar por uma cirurgia na quarta-feira (7) para retirada da bala

Daniela
Daniela Borsuk com Thais Travençoli | RIC Record TV
Menino de 11 anos baleado na cabeça deve ficar com sequelas e acordou sem saber nome da mãe
(Foto: Google Street Views)

5 de abril de 2021 - 13:15 - Atualizado em 5 de abril de 2021 - 13:15

A mãe da criança de 11 anos que levou um tiro na cabeça enquanto brincava em uma chácara em Rio Negro, na Região Metropolitana de Curitiba, conversou com a equipe da RIC Record TV nesta segunda-feira (5). Ela afirmou que o filho deve ficar com sequelas. Conforme o relato da mulher, o menino acordou sem saber o nome da mãe, apesar de ter a reconhecido, mas não está falando “coisa com coisa”.

O menino está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul. A mãe da criança ainda contou que ele está acordado, muito confuso e que vai passar por uma cirurgia na quarta-feira (7) para retirada da bala que está alojada na cabeça. O menino também contou que não lembra de nada do que aconteceu.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Na sexta-feira (2), o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma queda na chácara, mas quando o menino chegou no hospital, em estado grave, foi constatado que ele havia sido baleado. A princípio, as informações iniciais são de que a criança estava brincando com um amigo de 13 anos e que a arma teria sido disparada acidentalmente.

A arma seria do dono da chácara, que deve se apresentar na delegacia para prestar esclarecimentos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.