Notícias

Médico de Maringá reutilizava materiais cirúrgicos que deveriam ser descartáveis

Especializado na área urológica, o médico e sua instrumentadora cirúrgica costumavam reaproveitar os materiais em procedimentos realizados no Hospital Municipal de Maringá

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Médico de Maringá reutilizava materiais cirúrgicos que deveriam ser descartáveis
Os dois profissionais tiveram seus contratos rescindidos. (Foto: Reprodução/RIC Record TV)

22 de outubro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:15

Um médico reutilizava materiais cirúrgicos em operações realizadas no Hospital Municipal de Maringá, no noroeste do Paraná. A situação foi descoberta durante uma visita de rotina da Vigilância Sanitária Estadual nesta segunda-feira (21).

Médico e instrumentadora reutilizavam os materiais cirúrgicos

Especializado na área urológica, o médico e sua instrumentadora cirúrgica costumavam reaproveitar os materiais que deveriam ser jogados no lixo depois de usados uma vez. Ambos foram afastados de suas funções. 

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) investiga o caso que corre sob sigilo. 

O que diz a Prefeitura 

Em nota, a Prefeitura de Maringá afirmou que o caso envolve um médico prestador de serviço, ou seja, não se trata de um funcionário público, mas sim de um empregado terceirizado e também uma instrumentadora cirúrgica, que possui contrato com o município. Com a denúncia, os dois tiveram seus contratos rescindidos. 

O procurador-geral do município também abriu um boletim de ocorrência, na Polícia Civil, contra o médico e um procedimento administrativo. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.