Segurança

Mandados de busca e apreensão são realizados na casa de falso policial federal

Homem mantinha perfil falso nas redes sociais, onde se identificava como investigador da PF desde 2019

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária
Mandados de busca e apreensão são realizados na casa de falso policial federal
(Foto: Polícia Federal)

8 de julho de 2021 - 13:35 - Atualizado em 8 de julho de 2021 - 13:35

A Polícia Federal (PF) realizou nesta quinta-feira (8) um mandado de busca e apreensão em Santa Tereza do Oeste, no Oeste do Estado, na casa de uma pessoa que nas redes sociais se identificava como policial federal.
O investigado tinha um perfil falso no Facebook, no qual dizia ser “Investigador na empresa Polícia Federal – PF”.

Todas as imagens encontradas no perfil são fotografias de policiais do grupo do Comando de Operações Táticas da PF. Junto havia a mensagem “Começou um novo emprego em Polícia Federal”, com a data de início em 01 de janeiro de 2019.

Além disso, o investigado tinha um veículo com adesivos com nome de uma empresa clandestina de segurança privada. Ele foi ouvido na Delegacia de Polícia Federal em Cascavel e foi liberado.

Por enquanto, as investigações continuam e um inquérito policial foi instaurado para obter provas de outros crimes praticados com o uso da imagem e nome da PF.

Ainda na tarde desta quinta-feira deverá ser realizada uma coletiva que dará mais detalhes sobre o caso.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.