Segurança

Mãe de jovem que morreu em acidente em Colombo implora por justiça: “Maior dor do mundo”

Mãe de Maria Eduarda revelou detalhes do acidente em um live no Instagram

Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem da RIC Record TV Curitiba
Mãe de jovem que morreu em acidente em Colombo implora por justiça: “Maior dor do mundo”
(FOTO: REPRODUÇÃO/ REDES SOCIAIS)

22 de dezembro de 2020 - 14:57 - Atualizado em 22 de dezembro de 2020 - 14:57

A mãe da jovem Maria Eduarda Santos, que morreu em um acidente de trânsito no último domingo (20), quebrou o silêncio nesta segunda-feira (21) e implorou por justiça. Bastante emocionada, Monica Albino revelou detalhes sobre como aconteceu a tragédia, explicou que a filha não conhecia o motorista do veículo e disse que lutará para que o motorista se responsabilize pelos fatos.

Monica vive a segunda dor por causa de acidente de trânsito. Em 2017, o pai de Maria Eduarda, ou Duda como era conhecida, morreu em uma colisão. Três anos depois, a mulher perde a filha. “Quero justiça. É a maior dor do mundo perder um filho, um pedaço de você é levado”, declarou a mãe.

O acidente aconteceu por volta das 21h de domingo (20), quando a jovem retornava de uma festa.

Duda tinha 19 anos (FOTO: REPRODUÇÃO/ REDES SOCIAIS)

Mãe quer motorista preso

Em uma live realizada no Instagram, a mãe de Duda pede para que a justiça seja feita. Segundo ela, a filha não conhecia o motorista do carro e aceitou a carona pois havia ingerido bebida alcoólica. Além disso, pouco antes do acidente, os ocupantes pediram para que ele diminuísse a velocidade, porém, o condutor declarou que era o ‘rei da boleia’.

Ainda de acordo com Monica, o acidente aconteceu após ele tentar dar um cavalinho de pau. O namorado de Duda estava junto no banco de trás e tentou segurar a jovem pela cintura, mas com a força do impacto a vítima acabou sendo arremessada contra o para-brisa

Assim como o namorado de Duda, o motorista segue internado em um hospital de Curitiba. A Polícia Civil deve colher depoimentos com os envolvidos.

“Por favor eu imploro, ele tem que ser preso e detido. Você vai pagar, não pense que eu quero dinheiro ou indenização. A vida da minha filha não volta, mas você nunca mais vai acabar com a vida de ninguém”, declarou Monica nas redes sociais.

A última despedida de amigos e familiares para Duda ocorreu nesta segunda-feira (21).

Duda (FOTO: REPRODUÇÃO/ REDES SOCIAIS)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.