Segurança

Logo após ser promovida, mulher de 32 anos sofre acidente de moto e morre, em Maringá

Vítima se feriu gravemente após bater a motocicleta e ser arremessada contra uma árvore. Há pouco tempo, ela havia sido promovida no trabalho.

Wilame
Wilame Prado / Repórter
Logo após ser promovida, mulher de 32 anos sofre acidente de moto e morre, em Maringá
Paola Catarine Romarin perdeu a vida após acidente de moto na Avenida Colombo, em Maringá. (FOTO: Arquivo pessoal)

1 de maio de 2021 - 09:21 - Atualizado em 1 de maio de 2021 - 10:00

Uma mulher de 32 anos morreu depois de perder o controle da motocicleta que pilotava, bater em um carro e se ferir gravemente ao ser arremessada contra uma árvore. Paola Catarine Romanin, que havia sido promovida há pouco tempo na empresa em que trabalhava, perdeu a vida após graves ferimentos causados na cabeça no acidente que foi registrado por volta das 21h30 da sexta-feira (30) na Avenida Colombo, em Maringá.

Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros Sean Filipaki, os socorristas tentaram reanimar a vítima por mais de 40 minutos. Mesmo assim, a jovem veio a óbito no local do acidente e teve o corpo encaminhado ao Instituto Médico Legal de Maringá. A colisão envolveu uma Honda Biz e um Toyota Corolla.

Seria apenas mais um retorno para casa após um dia de trabalho numa sexta-feira, véspera de feriado, rotina que foi interrompida por um trágico acidente e que agora a polícia investiga as possíveis causas. Uma colega de Paola testemunhou o acidente e que confirmou que a vítima fazia o caminho de volta para casa, após ter saído da empresa onde trabalhava.

Ainda no local, conforme apurou o site Plantão Maringá, o patrão de Paola foi até o local, e revelou que ela havia sido promovida há pouco tempo, passando de recepcionista para assistente no setor de Recursos Humanos.

No perfil particular da vítima nas redes sociais, Paola se descrevia como administradora e futura contadora. Ela já havia revelado em sua biografia no Instagram o amor por gatos, fotos e natureza.

Na manha deste sábado (1), a página oficial da empresa onde Paola trabalhava emitiu nota de pesar:

“A Theòs Sistemas Eclesiais comunica com pesar o falecimento da funcionária Paola Catarine Romanin, funcionária exemplar e que atuava no departamento pessoal da empresa. Estendemos as mais sentidas condolências aos amigos e familiares.”

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.