Notícias

Ladra seduz e dorme com homens para roubá-los

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

15 de maio de 2017 - 00:00 - Atualizado em 15 de maio de 2017 - 00:00

Yomma Fouad, 21 anos, foi presa no último sábado (6), por roubar homens na costa leste dos Estados Unidos (Foto: Reprodução/R7)

A jovem de 21 anos roubava os homens após conhecê-los em boates da costa leste dos EUA

Yomma Fouad, 21 anos, foi presa, no último sábado (6), por roubar homens na costa leste dos Estados Unidos. Segundo a polícia, ela é suspeita de estar ligada a outros casos semelhantes, e pelo menos dez outros departamentos policiais estavam investigando a criminosa.

Um homem chamado Alain Rene Galette, 31 anos, alega ter sido vítima da criminosa há um mês, quando se conheceram em uma boate. “Ela queria ir para minha casa. Eu concordei, claro. Recebi uma massagem nas costas e fizemos sexto antes de dormir” conta.

Depois de passar a noite com a gata, Galette percebeu a cilada: “Eu acordei dopado, sem saber o que estava acontecendo, e minhas coisas haviam sumido”. Imagens feitas pelas câmeras de segurança do prédio registraram a ladra carregando um monte de pertences.

Ela levou roupas, dinheiro, jóias e um relógio Rolex, totalizando segundo a vítima um prejuízo de R$ 102 mil. “Ela parecia inocente, Jamais iria esperar um golpe dela”, acrescenta.

De acordo com a polícia, Yomma é da Columbia, maior cidade do Estado norte-americano da Carolina do Sul e se identificou como “prostituta” nos relatórios da prisão.

A “ladra gata” está enfrentando acusações de roubos e falsidade ideológica, já que no momento da prisão ela usava uma identidade falsa.

Leia mais:

Jovem suspeita de aplicar golpes em casas noturnas é presa

Mulher rouba caminhonete e é perseguida pela PM; assista