Notícias

Justiça concede fiança a policiais presos no caso Tayná

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

28 de outubro de 2013 - 00:00 - Atualizado em 28 de outubro de 2013 - 00:00

A fiança dos policiais acusados por tortura, abuso de autoridade, falso testemunho, estupro e lesão corporal contra quatro suspeitos no caso Tayná, foi definida nesta segunda-feira (28) pela Justiça. O valor é de R$ 10 mil para cada um.

O único a pagar a quantia e já está em liberdade foi o delegado Silvan Pereira. Os demais continuam detidos, alegando não possuir o montante.

Outra decisão, tomada na sexta-feira (25), foi a do afastamento das funções policiais, além de não poderem se aproximar das supostas vítimas ou familiares e serem proibidos de se ausentar por mais de oito dias sem autorização judicial.