Segurança

Jovem é denunciada por matar o namorado com agulha de narguilé em briga por pastel de feira

Se condenada, Nicole Maria, de 20 anos, deve responder por homicídio duplamente qualificado

Aline
Aline Taveira / Produtora com informações do G1 Goiás
Jovem é denunciada por matar o namorado com agulha de narguilé em briga por pastel de feira
A jovem responde ao processo em liberdade. (Foto: Reprodução)

4 de maio de 2021 - 10:17 - Atualizado em 4 de maio de 2021 - 10:17

A Justiça denunciou, na última segunda-feira (3), a jovem Nicole Maria Ferreira Costa, de 20 anos, acusada de matar o namorado com uma agulha de narguilé. O crime teria ocorrido após uma discussão motivada por um pastel de feira, a acusada confessou o crime e responde ao processo em liberdade

O juiz aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público de Goiás. Foi dado um prazo de 10 dias para que a defesa se manifeste, antes que os autos sejam encaminhados para a Defensoria Pública

Adailton Gomes Abreu tinha 24 anos e morreu em setembro do ano passado, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital do estado de Goiás. Segundo a denúncia, no dia do crime, a acusada e o namorado saíram com as irmãs dele para comer em uma feira. Lá, o casal teria tido uma discussão sobre o que comer e continuaram brigando até chegar na casa de Nicole. A denúncia afirma que ele foi atingido no coração por uma agulha de narguilé

Nicole foi denunciada por homicídio duplamente qualificado, em razão de motivo fútil e por impossibilitar a defesa da vítima. 

 “A lesão foi única, certeira e fatal. Ele agonizou por pouco tempo e depois já veio a óbito”, disse o delegado ao G1 Goiás.

A jovem teria dito durante as investigações que foi atacada pelo namorado com um narguilé quebrado e o atingiu com a agulha para se defender. 

“Eles já tinham se agredido mutuamente, por imaturidade no namoro. Com o desgaste extremo, no momento da briga, ela acabou o matando. Não identificamos lesões nela no dia do crime que justificassem a legítima defesa”, disse o delegado.

O delegado também disse em entrevista que a relação do casal era tumultuada e que eles brigavam muito

“O casal vivia uma relação tumultuada. Eram muito impetuosos. Tinha histórico de briga constante”, relatou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.