Caroline
Caroline Berticelli / Editora com reportagem da RIC Record TV, Curitiba

29 de junho de 2020 - 13:48

Atualizado em 29 de junho de 2020 - 13:52

Segurança

Jovem que causou acidente de trânsito permanece preso; namorada morreu

Susan Bonette Pires, de 23 anos, era passageira do veículo e não resistiu aos ferimentos

Jovem que causou acidente de trânsito permanece preso; namorada morreu
Foto: Reprodução/Plantão 190

O motorista com sinais de embriaguez, que bateu o carro nas proximidades do Trevo do Atuba, em Curitiba, no início da manhã deste domingo (28), e provocou a morte de sua namorada Susan Bonette Pires, 23 anos, permanece detido na Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).

O condutor perdeu o controle do veículo e atingiu lateralmente uma barreira de concreto, feita para sinalizar uma obra. A passageira não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada do socorro. 

De acordo com o delegado Edgar Santana, o rapaz transitava em alta velocidade e foi preso em flagrante pelos crimes de homicídio qualificado e embriaguez ao volante.

“Testemunhas presenciais nos relataram que esse indivíduo empregava velocidade excessiva quilômetros antes do acidente. Inclusive, instigando outros motoristas a praticarem o crime de racha. Ele foi preso em flagrante delito pelo crime de homicídio qualificado e pela embriaguez, cuja a pena pode chegar a 8 anos de reclusão”, explicou Santana. 

O enterro de Susan aconteceu na manhã desta segunda-feira (29), no Cemitério São Gabriel, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.