Notícias

Incêndio em granja de Londrina quase mata 15 mil pintinhos

Incêndio em granja de Londrina deixa local sem sistema de aquecimento

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Incêndio em granja de Londrina quase mata 15 mil pintinhos

17 de julho de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:56

Incêndio em granja de Londrina, no norte do Paraná, quase matou 15 mil pintinhos com menos de uma semana de vida na noite desta terça-feira (16). O incidente aconteceu em uma granja de Lerroville, e deixou todo mundo em claro durante a madrugada.

Incêndio em granja de Londrina podia ter causado hipotermia em filhotes

Apesar do susto, a maior preocupação do dono da propriedade e do caseiro não era o fogo em si, que após um árduo trabalho do Corpo de Bombeiros foi controlado, mas a falta do sistema de aquecimento que mantinha os recém-nascidos quentinhos.

De acordo com o proprietário da granja, o incidente aconteceu após a caldeira que aquece o local pegar fogo. Diante da situação, o Corpo de Bombeiros foi até o local com três caminhões e as chamas foram controladas.

Para Sérgio Morji, empresário e responsável pela granja, a situação foi preocupante principalmente porque ali há muita lona e madeira em volta, dois itens de alta combustão.

Devido ao incêndio, o local ficou sem o sistema de aquecimento, o principal item para manter os bichinhos quentinhos neste inverno que marcava 7º graus na madrugada desta quarta-feira (17).

Para ajudar os pequenos a passarem a noite, a ideia foi estender as lonas e vedar ao máximo a granja.

Além disso, Sérgio Morji afirmou que a natureza é tão perfeita e sábia que os pintinhos acabaram também se aninhando para se aquecerem e passarem a madrugada.