Segurança

Polícia divulga imagens de suspeito de estuprar jovem em loja de Curitiba

Jovem de 18 anos foi vítima do homem na última sexta-feira (9), enquanto trabalhava em uma loja no Centro da capital paranaense

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da Comunicação da PCPR
Polícia divulga imagens de suspeito de estuprar jovem em loja de Curitiba
(Foto: Divulgação/ PCPR)

15 de julho de 2021 - 09:12 - Atualizado em 15 de julho de 2021 - 09:43

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) divulgou na manhã desta quinta-feira (15) imagens do suspeito de roubo seguido de estupro, cometido na última semana em Curitiba. O homem, que foi flagrado por câmeras de segurança, foi identificado como Guilherme Penkal e é procurado pelas autoridades.

O crime aconteceu na última sexta-feira (9). O suspeito deu voz de assalto contra a funcionária de uma loja, localizada na rua Prudente de Moraes, e na sequência praticou um estupro, nos fundos do estabelecimento.

Durante o crime, o homem chegou a atender um cliente na loja e informou que a funcionária só voltaria uma hora depois. Antes de ir embora, o suspeito trancou a vítima nos fundos do estabelecimento e fugiu levando as chaves do local, o celular da jovem e R$ 50 que tinha no caixa.

Em entrevista com a equipe da RIC Record TV, a vítima lembrou os momentos de desespero.

“Ele mandou eu sentar na cadeira que tinha lá e falou ‘fica aí, senão eu te mato’. Ele saiu do lugar em que a gente estava, ele se vestiu né, foi lá e atendeu a cliente. Tudo com um sorriso no rosto, de um jeito de dizer, porque ele estava de máscara o tempo todo. Chegou lá e falou ‘oi, a moça que trabalha aqui só volta daqui uma hora e meia’, aí a mulher falou ‘mas eu posso dar uma olhada?’, e ele falou ‘ah, é complicado, porque eu não sei te ajudar, não sei nada, só tô cuidando para ela’”,

afirmou a vítima.

A delegada Vanessa Alice, da Delegacia da Mulher, acredita que o objetivo principal do suspeito era cometer o crime sexual.

“A impressão que nós temos é que ele aguardou o momento em que ela ficou sozinha para entrar, simular um crime de roubo porque ele pediu a carteira dela. No entanto, ele acabou não levando essa carteira dela, e logo em seguida a encaminhou para o fundo da loja onde acabou cometendo a violência sexual. Posteriormente, na saída, ele acabou levando R$ 50 que estava no caixa da loja, junto com outros valores, mas ele pegou apenas R$ 50, pegou o molho de chaves e o celular dela. O celular e o molho de chaves da loja foram localizados. Ele largou na rua. Agora, tinham outros objetos de valor como um notebook que ele não levou. Com isso, a gente tem a impressão que o objetivo inicial dele seria mesmo cometer a violência sexual”,

disse a delegada responsável pelo caso.

Suspeito procurado

Câmeras de segurança flagraram o homem rondando o estabelecimento antes do crime. As imagens conseguiram mostrar com clareza o rosto do suspeito, que foi identificado nesta quinta-feira (15). 

Qualquer informação que possa ajudar na localização do suspeito pode ser repassada, de forma anônima, à Delegacia da Mulher pelo telefone 41.3219-8600 ou ao Disque Denúncia da Polícia Civil pelo 181. Veja imagens do procurado: