Segurança

Homem é preso após se passar por policial, para caçar Lázaro Barbosa

Rapaz chegou a enganar policiais militares, federais e rodoviário federais por algum tempo. Mas logo a farsa foi descoberta e ele foi preso em flagrante.

Giselle
Giselle Ulbrich
Homem é preso após se passar por policial, para caçar Lázaro Barbosa
(Foto: PRF)

20 de junho de 2021 - 20:23 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 10:12

Um rapaz de 23 anos foi preso em flagrante em Cocalzinho (GO), se passando por policial federal para particiar das buscas a Lázaro Barbosa, 32 anos, o serial killer acusado de matar quatro pessoas da mesma família em Ceilândia (DF), no dia 9 de junho.

Conforme o jornal Correio Braziliense, na noite de sábado (19), o homem abordou uma equipe da força-tarefa de caçada ao serial killer na BR-070, na região de Cocalzinho. Ele disse que estava atrasado para encontrar com os colegas federais, que estavam mais adiante, e pediu carona.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), depois desta primeira abordagem, 40 minutos depois o falso policial retornou e pediu ajuda a policiais militares. Ele queria desarmar uma pessoa alcoolizada em uma propriedade rural da região.

Os mililares o acompanharam, ainda sem desconfiar de nada. Mas quando voltaram ao ponto de apoio da força-tarefa, foram informados pela PRF que o rapaz não era policial, muito menos pertencia à corporação. O jovem foi preso em flagrante e vai responder por falsidade ideológica e usurpação da função pública.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.