Segurança

Homem é preso após passar a mão e se esfregar em jovem dentro de ônibus de viagem

A vítima relatou para a equipe que ele começou a passar a mão nela sem qualquer consentimento e a esfregar o órgão genital nas pernas da jovem

Daniela
Daniela Borsuk
Homem é preso após passar a mão e se esfregar em jovem dentro de ônibus de viagem
(Foto: Polícia Rodoviária Federal)

26 de abril de 2021 - 12:09 - Atualizado em 26 de abril de 2021 - 12:09

Um homem, de 38 anos, foi preso por importunação sexual após assediar uma jovem, de 20 anos, dentro de um ônibus, no domingo (25). A vítima viajava na poltrona ao lado do homem e relatou para a equipe que ele começou a passar a mão nela sem qualquer consentimento e a esfregar o órgão genital nas pernas da jovem.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do ônibus de transporte coletivo interestadual, que seguia para Santa Catarina, parou no posto da PRF de Irati, na BR-277, e comunicou que uma das passageiras denunciou o homem que estava no banco ao seu lado.

Os policiais ouviram a vítima, natural de Curitiba, que viajava sozinha, e também testemunhas que estavam dentro do veículo e deram mais informações sobre o caso. O homem denunciado foi encontrado alterado, e foi necessário contê-lo com algemas.

O suspeito, natural de Limeira, em São Paulo, foi preso em flagrante e encaminhado para a Polícia Civil de Irati.

Conforme a PRF, a equipe ainda encontrou mercadorias de origem estrangeira sem documentação fiscal na mochila do homem. Os produtos foram entregues na Receita Federal de Ponta Grossa.

Importunação sexual

O crime de importunação sexual está previsto na Lei 13.718 de 24/09/2018:

Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro com pena de reclusão, de 1 (um) a 5 (cinco) anos.”

A PRF informa que qualquer ocorrência dessa natureza em rodovias federais deve ser imediatamente comunicada à polícia pelo 191 ou diretamente nas Unidades Operacionais, para que sejam tomadas as providências com vistas a coibir este tipo de crime.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.