Segurança

Homem de 40 anos marca encontro com menina de 12 e acaba preso em Cascavel

Conforme o apurado, a intenção do suspeito era levar a menina para Santa Catarina, onde havia prometido que formaria uma família com ela

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com reportagem do Balanço Geral Oeste
Homem de 40 anos marca encontro com menina de 12 e acaba preso em Cascavel
Foto: Reprodução/RIC Record TV

6 de abril de 2021 - 16:40 - Atualizado em 6 de abril de 2021 - 16:43

Um homem de 40 anos foi preso após marcar um encontro com uma menina de 12 em Cascavel, no oeste do Paraná, nesta segunda-feira (6). O suspeito chegou até a vítima através das redes sociais. 

De acordo com Odirlei Lopes, pai da garota, a família costuma monitorar o celular da menina, assim como suas conversas nas redes. No entanto, com a chegada da pandemia e as aulas online, ela começou a passar mais tempo na internet e o assédio do suspeito acabou não sendo descoberto com antecedência. 

Foi somente na segunda-feira, quando ela se preparava para ir ao encontro do homem 28 mais velho que seu irmão flagrou a ação e contou aos pais. A menina chegou a arrumar uma mochila com roupas e pertences, e chamar um carro de aplicativo, mas foi detida pela avó antes de embarcar no veículo. 

Odirlei explica que depois de descobrir os planos do homem, ele passou a trocar mensagens como suspeito se passando por sua filha. “A gente foi trocando mensagem com ele, trocando mensagem com ele, teve até uns momentos que ele desconfiou e falou: ‘Mas você está diferente. Acho que não é você’. Até que ele perguntou: ‘Qual o nome da nossa filha?’. Daí, eu perguntei para ela, falei: ‘Filha, você conversou a respeito de filho? Alguma coisa assim com ele? Ela falou que sim e eu perguntei o nome da filha. Foi quando eu passei para ele e ele foi confiando um pouco mais”. 

Na sequência, Odirlei se dirigiu para o local onde o homem havia marcado de encontrar a menina, na Avenida Brasil, e lá conseguiu detê-lo até a chegada da Polícia Militar. “Foi apreendido o telefone celular dele e da adolescente, onde foi constatada as conversas que ele vinha assediando a adolescente”, conta o sargento Antônio Morante, da PM. 

Conforme o apurado, a intenção do suspeito era levar a menina para Santa Catarina, onde havia prometido que formaria uma família com ela. Ele foi preso por suspeito de tentativa de estupro de vulnerável. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.