Segurança

Gerente de banco é morta durante assalto quando deixava agência em Curitiba

Familiares da vítima chegaram a apontar uma possível desavença com o ex-marido, mas para a Polícia Civil, até o momento, a principal suspeita é de latrocínio

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da RIC Record TV
Gerente de banco é morta durante assalto quando deixava agência em Curitiba
Foto: reprodução RIC Record TV - Luciano Chinasso

28 de dezembro de 2020 - 14:09 - Atualizado em 28 de dezembro de 2020 - 17:44

A gerente de banco foi morta a tiros no momento em que deixava uma agência bancária no bairro Capão Raso, em Curitiba, no início da tarde desta segunda-feira (28).

De acordo com a polícia, Tatiana Lorenzetti foi abordada por um assaltante quando seguia em direção ao estacionamento. Mesmo sem reagir, ela foi atingida por um tiro na cabeça.

Na sequência, o criminoso fugiu a pé com a bolsa de Tatiana, rendeu um motorista de aplicativo e o obrigou a levá-lo até outra região da cidade. Houve perseguição policial e, em determinado momento, o assaltante pulou do carro em movimento. Após efetuar dois disparos de arma de fogo contra a viatura da Polícia Militar, ele foi morto.

A arma usada para cometer o crime, assim como a bolsa da vítima foram recuperadas.

O caso segue em investigação. A principal linha seguida pela Polícia Civil é latrocínio, roubo seguido de morte.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.