Lucas
Lucas Sarzi Com informações de Nader Khalil, RIC Record TV Curitiba

4 de junho de 2020 - 20:40

Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:40

Segurança

Irmãos gêmeos que mantinham fábrica de drogas em casa são presos em Curitiba

Irmãos gêmeos que mantinham fábrica de drogas em casa são presos em Curitiba
Foto: Reprodução/RIC Record TV.

O que era para ser uma simples abordagem de rotina acabou levando uma equipe da Polícia Militar (PM) a uma espécie de fábrica do tráfico de drogas. A ação aconteceu nesta quinta-feira (4), no Bairro Alto, em Curitiba. Dois irmãos gêmeos foram presos por manter uma fábrica de drogas em casa e revender não só maconha, mas outros entorpecentes também.

Os policiais chegaram primeiro a um dos irmãos, durante patrulhamento. A equipe abordou o motorista de um veículo, que passou em atitude suspeita, e com o rapaz os policiais encontraram drogas.

De imediato, os PMs descobriram que ele estava revendendo. Aos policiais, o rapaz acabou confessando que tinha mais droga em casa e os PMs foram até dois endereços do suspeito.

O que a PM não sabia, é que a simples abordagem resultaria numa apreensão ainda maior. Nos dois endereços, os policiais descobriram que o rapaz, junto com o irmão gêmeo, vendia drogas que eles mesmos produziam.

Com a dupla, foram apreendidos cerca de dois quilos de maconha pronta para a venda, ecstasy, LSD, haxixe e uma arma. Também foram encontrados R$ 2 mil em dinheiro.

Em uma das casas, os irmãos mantinham até uma estufa para o cultivo da maconha. Além da maconha tradicional, eles vendiam também uma outra, que é conhecida por ser mais cara (cerca de R$ 50 o grama). A Polícia Civil fica responsável por finalizar as investigações.