Notícias

Família pede ajuda para encontrar Fusca roubado em Fazenda Rio Grande

O Fusca branco 1984 é o xodó da família há 13 anos; ele ‘esteve presente’ no casamento e no nascimento das filhas do casal

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Família pede ajuda para encontrar Fusca roubado em Fazenda Rio Grande
Família inteira faz apelo para encontrar Fusca roubado em Fazenda Rio Grande. (Foto: Thais Travençoli)

17 de julho de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:36

Uma família inteira de Curitiba pede ajuda para encontrar um Fusca branco 1984 que é mais do que veículo, é o xodó de todos eles. O carro, com placas AIO 1103, foi roubado, no último sábado (13), da frente de um supermercado recém-inaugurado em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana da capital.

Fusca roubado ‘acompanhou’ casamento do casal e nascimento das filhas

Conforme José Berbk, ele comprou o Fusca há 13 anos e reformou o veículo, que já estava desgastado, com todo o carinho na garagem de sua própria casa. Desde então, o carro tem acompanhado, inclusive, o crescimento da família, já que ele e sua esposa Ana Paula Martins Berbk foram para a igreja, no dia do casamento, com o Fusca. E nos dias de nascimento de suas duas filhas, uma de 7 anos e outra de 11 meses, a esposa foi levada até a maternidade mais uma vez com o Fusca.  

O Fusca está na família há 13 anos. (Foto: Arquivo familiar)

Filha mais velha não se conforma com o roubo do Fusca

Ana Paula conta que não é só o marido que tem amor pelo Fusca, mas sim todos os membros da família, principalmente, a filha mais velha chamada Ane que tem chorado todos os dias desde o roubo. “No sábado, quando saímos do supermercado foi um desespero, uma gritaria, ela não se conformava”, lembrou sobre o momento que a criança viu que o carro havia sido levado por ladrões. 

Ane não se conforma com o roubo do Fusca e não tem dormido direito. (Foto: Thais Travençoli)

“Toda ajuda é bem-vinda. O Fusca não é como se fosse uma coisa, é como se fosse um membro da família. E, além do mais, o mais triste é ver a pequena desanimada”, finalizou Ana Paula. 

Qualquer informação que possa ajudar a família a recuperar o Fusca branco, com placas AIO 1103, pode ser repassada pelos telefones 41. 3247-2725 ou 41. 9 8511-7424. 

Assista ao vídeo: 

O Balanço Geral Curitiba foi até a casa da família, na Vila Fanny, em Curitiba, para ajudar a recuperar o fusquinha tão amado.