Segurança

Jovem furta carro de patrão no primeiro dia de trabalho: “Funcionário de confiança né, parabéns”

Empresário encontrou o carro furtado dentro de uma biqueira e tentou resgatar o veículo com a chave reserva, mas foi impedido por um homem que seria traficante no local

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações do repórter Lúcio André da RIC Record TV
Jovem furta carro de patrão no primeiro dia de trabalho: “Funcionário de confiança né, parabéns”
(FOTO: PAULO EVARISTO/ RIC RECORD TV)

26 de março de 2021 - 08:16 - Atualizado em 26 de março de 2021 - 08:16

Um empresário, do ramo de instalação de calhas, de Curitiba, teve uma grande decepção com um funcionário. Após pedir para o jovem recém-contratado ir ao posto de gasolina com o veículo da empresa, o carro nunca mais foi visto. Aproximadamente 15 dias depois, o patrão encontrou o automóvel em uma biqueira – ponto de venda de drogas – mas foi impedido de resgatar o próprio carro.

De acordo com o patrão da empresa, o furto aconteceu logo no primeiro dia de trabalho de Felipe. “Funcionário de confiança né, parabéns”, comentou o homem.

Desde então, o rapaz nunca mais foi visto. Nesta semana o empresário recebeu uma ligação que o carro dele estava em um ponto de venda de drogas. No local, o homem encontrou seu veículo, mas ao tentar fazer o resgate com a chave reserva foi impedido.

Um suspeito, apontado como traficante do local, informou que havia adquirido o carro após trocar por uma quantidade de drogas. A vítima então deixou o local e acionou a polícia. O delegado do 10º Distrito Policial, do bairro Sítio Cercado, foi até o endereço indicado pelo dono da empresa de calhas e encontrou o veículo.

“Foi localizado o veículo, nossa equipe foi até o local e efetuou a prisão responsável pela biqueira, por receptação de veículos. Ele foi preso em flagrante”,

contou Rinaldo Ivanik.

Entretanto, o homem que foi preso não é o mesmo que furtou o carro. Marcos Paulo de Lima, de 27 anos, foi quem teria trocado drogas pelo veículo. O homem já possui passagens por tráfico e uso de drogas, além de responder pela Lei Maria da Penha. O suspeito já havia sido condenado e cumpria a pena em liberdade.

O funcionário que furtou o carro será intimado para prestar depoimento, mas ainda não foi localizado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.