Segurança

Foragido há 13 dias, suspeito de estuprar criança pode estar pelas ruas da RMC

Familiares de Jailson, moradores de Agudos do Sul, onde o crime foi registrado no dia 29 de junho, ressaltaram que não sabem o paradeiro do homem e que não apoiam a atitude dele

Daniela
Daniela Borsuk com informações da repórter Thais Travençoli, da RIC Record TV Curitiba
Foragido há 13 dias, suspeito de estuprar criança pode estar pelas ruas da RMC
(Foto: Reprodução/RIC Record TV)

13 de julho de 2021 - 14:10 - Atualizado em 13 de julho de 2021 - 14:11

Moradores de Fazenda Rio Grande e de Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, estão alertas há 13 dias, desde que Jailson Rodrigo Bastos de Lima, suspeito de estuprar uma menina de 11 anos, fugiu da delegacia. Alguns populares chegaram a afirmar que viram o homem circulando pelo bairro Pedra Branca, em Fazenda Rio Grande, na segunda-feira (12) e que ele estava bem vestido, como se estivesse recebendo a ajuda de alguém para ficar escondido.

Familiares de Jailson, moradores de Agudos do Sul, onde o crime foi registrado no dia 29 de junho, ressaltaram que não sabem o paradeiro do homem e que não apoiam a atitude dele. “Nunca apoiamos a atitude dele, estamos tentando colaborar com a polícia passando informações, em momento algum a família está encobrindo“, contou uma parente para a equipe da RIC Record TV Curitiba.

A mãe de Jailson fez um apelo para que o homem se entregue. “Eu falei para ele se entregar, ele não se entrega”. Ao ser questionada sobre o que Jailson teria dito, a mãe diz que ele foi categórico: “[ele diz que] só depois que matassem ele, o que a gente vai fazer?!”, disse a mulher.

O crime

De acordo com informações da RIC Record TV, o homem foi preso após invadir uma residência e estuprar uma menina de 11 anos na frente de seus irmãos, crianças de 5 e de 4 anos, em Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. O suspeito aproveitou que a mãe das crianças saia de casa todos os dias para trabalhar, às 4h, e deixava os filhos dormindo até a chegada de uma cuidadora às 8h.

Na sequência, o suspeito roubou cerca de R$ 400 em dinheiro, dois celulares, uma bicicleta e fugiu. Mas um familiar da garota flagrou ele deixando a casa e, com medo de que o pior tivesse acontecido, correu para encontrar os sobrinhos e descobriu o crime.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender o suspeito em flagrante na terça-feira (29), mas o homem fugiu no dia seguinte, na quarta-feira (30). Até esta terça-feira (13), Jailson ainda não foi encontrado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.