Segurança

Foragida: polícia divulga foto de motorista bêbada que atingiu motoboy no Rebouças

Expectativa era que a mulher tivesse se apresentado na delegacia na última segunda-feira. Como não aconteceu, polícia cumpriu mandado de busca na casa dela nesta quarta, mas não a encontrou.

Giselle
Giselle Ulbrich
Foragida: polícia divulga foto de motorista bêbada que atingiu motoboy no Rebouças
Imagem: Divulgação Polícia Civil

16 de junho de 2021 - 22:26 - Atualizado em 17 de junho de 2021 - 08:39

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) divulgou, nesta quarta-feira (16) a foto de Cassiane Aparecida Araújo Aires, que bateu com seu carro contra um motoboy na Avenida Sete de Setembro, no bairro Rebouças, em Curitiba, no último sábado (12). Ela foi indiciada por tentativa de homicídio após acidente de trânsito. Cassiane está desaparecida e a polícia pede ajuda para encontrá-la.

Na ocasião, o veículo em que a mulher estava colidiu com um motoboy. Ela cruzou uma avenida, com canaleta de expresso no meio, passando por cima de calçadas, até atingir o motoboy que vinha andando corretamente pela avenida. Após o acidente a suspeita fugiu do local. A vítima foi arremessada da moto e ficou gravemente ferida, com mais de 10 fraturas pelo corpo.

Durante o andamento das diligências, a PCPR ouviu testemunhas e identificou a suspeita e solicitou o pedido de prisão preventiva. Uma das testemunhas afirmou que a motorista estava bêbada. Havia a expectativa de que ela se apresentasse na delegacia na segunda-feira (14), o que não aconteceu. Diante disso (16), a PCPR cumpriu mandado de busca e apreensão na residência da suspeita, nesta quarta, mas até o momento ela não foi localizada.

Além da tentativa de homicídio, a mulher poderá responder pelos crimes de omissão de socorro e fuga do local de acidente.

Leia também: Após acidente grave com colega, motoboys fazem protesto em Curitiba

A PCPR solicita a colaboração da sociedade com informações que auxiliem na localização da mulher. As denúncias podem ser feitas de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia ou 3261-6650 e 3261-6639, diretamente à equipe de investigação.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.