Segurança

Polícia civil investiga denúncia de falsa psicologa em Campo Mourão

Farsante utilizava o registro profissional de uma psicologa com o mesmo nome, só que do Rio Grande do Sul

Gabriel
Gabriel Trevisan
Polícia civil investiga denúncia de falsa psicologa em Campo Mourão
Foto: PMM

27 de agosto de 2020 - 18:25 - Atualizado em 27 de agosto de 2020 - 18:41

A Polícia Civil de Campo Mourão segue investigando uma denúncia de que uma mulher estaria se passando por psicologa na cidade, inclusive, estaria realizando atendimento há quatro anos na Fundação Cultural de Campo Mourão. A suposta vigarista também realizava atendimentos em uma clínica particular e era voluntária na Associação de Pais e Amigos do Austista de Campo Mourão.

Segundo a denúncia feita pela funcionaria que trabalhava na clínica da falsa psicóloga, a farsante utilizava registro de uma profissional do Rio Grande do Sul que tinha o mesmo nome que ela.

Com o mesmo nome da psicóloga do Rio Grande do Sul, a impostora chegou a assinar diversos atestados fazendo uso de um carimbo com o registro do Conselho Regional de Psicologia (CRP) da profissional.

Segundo nota da Prefeitura de Campo Mourão, o executivo “afirma que a pessoa citada na reportagem não tem qualquer vinculo com o município e que não faz parte do quadro de servidores”.

Já a psicologa do Rio Grande do Sul que teve o CRP usado de maneira fraudulenta conta que ficou sabendo do ocorrido por meio de uma ligação da pessoa que fez a denuncia à polícia. Segundo a psicologa, ela contatou o advogado e o CRP do estado e as medidas necessárias estão sendo tomadas.

A psicologa fez questão de lembrar que psicologia é uma ciência, algo sério, e que preza pela ética e cuidado com o ser humano.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.