Segurança

“Eu não quero aquelas flores fedidas no meu caixão” disse mulher que foi morta pelo ex-marido

O áudio da vítima Meiry Cristine Bona Ferreira foi enviado para o filho Rafael Costa

Guilherme
Guilherme Barchik Com informações do Balanço Geral Curitiba
“Eu não quero aquelas flores fedidas no meu caixão” disse mulher que foi morta pelo ex-marido
(Foto: Reprodução / Facebook)

24 de maio de 2021 - 12:46 - Atualizado em 24 de maio de 2021 - 14:58

O Grupo RIC recebeu com exclusividade um áudio gravado por Meiry Cristine Bona Ferreira que foi enviado para o filho. Meiry foi morta pelo ex-marido no último sábado (23), na capital paranaense.

No áudio, a vítima deixa entender que sabia que iria morrer. Ela contou que não gostaria de ver ninguém chorando no velório e que não quer flores fedidas no caixão.

“Se acontecer qualquer coisa comigo, vocês não precisam chorar, eu vou estar feliz do mesmo jeito. A única coisa que eu vou ficar ruim, se eu for para outro lado, é deixar minha filha. Fala pra turma que eu não quero aquelas flores fedidas no meu caixão, quero rosas.”

disse Meiry Cristine Bona Ferreira.

Ouça o áudio enviado por Meiry ao filho

(áudio gravado por Meiry Cristine Bona Ferreira)

Filhos de Meiry falaram como a mãe estava vivendo

Em entrevista ao Balanço Geral Curitiba, Thais da Costa, filha de Meiry, falou como foi os últimos instantes antes da morte da mãe.

“Eu comecei a chutar ele, não faço isso tio Ivo, não estrague nossa família. Eu implorei. Eu pedi misericórdia. Tadinha da minha mãe. Ele [Ivo] pegou, veio por trás e deu um tiro na nuca dela.”

Thais da Costa, filha de Meiry.

Outro filho da vítima, Rafael Costa contou do Balanço Geral Curitiba que a mãe estava vivendo um recomeço, que estava feliz pois teria encontrado alguém que a estava fazendo feliz.

“Ela pediu divórcio, não dava mais, não queria mais. E ele não aceitou. Ela falou que estava no recomeço. Ela encontrou outra pessoa, que foi um encontro de almas que ela teve. E essa pessoa em três meses fez ela feliz. Ela morreu feliz.”

contou Rafael da Costa, filho de Meiry.

Sobre o caso

A vítima Meiry Cristine Bona Ferreira da Costa, levou tiros dentro do carro da família, em frente a casa da mãe dela. Identificado como Ivo, o marido, teria matado a esposa porque não aceitou o fim do casamento.

O ex-marido foi encaminhado à Central de Flagrantes, onde esta à disposição da Justiça.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.