Segurança

Estudante desaparecida há 9 dias pode ter sido sequestrada pelo ex-cunhado

Um mandado de prisão já foi expedido contra o homem, que ainda não foi detido

Daniela
Daniela Borsuk com informações do repórter Nader Khalil, da RIC Record TV Curitiba
Estudante desaparecida há 9 dias pode ter sido sequestrada pelo ex-cunhado
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

8 de junho de 2021 - 15:14 - Atualizado em 8 de junho de 2021 - 15:14

A Polícia Civil do Paraná investiga o desaparecimento de Rebeca Cristiny Damasceno, de 28 anos, estudante de psicologia, no dia 30 de maio. A jovem, moradora de Campo do Tenente, sumiu após ser arrastada pelos cabelos de um bar da cidade pelo ex-cunhado e principal suspeito do sequestro, Edson Júnior Matege. Um mandado de prisão já foi expedido contra o homem, que ainda não foi detido.

“O suspeito que é o Edson Júnior Matege chegou no estabelecimento, pegou a menina pelos cabelos, ele na companhia de um menor, e sumiram com a menina dali”.

explicou o delegado responsável pelo caso, Sérgio Luiz Alves.

Depois de colocar a jovem dentro de um carro, os suspeitos retornaram para o bar, cerca de meia hora após o ocorrido, e falaram que “a Rebeca já era”, conforme contou uma testemunha. Ainda, Edson estaria com o celular da estudante na mão e disse para os amigos da vítima que eles deveriam se desfazer de qualquer pertence dela.

Uma testemunha procurou então a polícia e foi ameaçada pelo suspeito. Na cidade, a vizinhança teme o homem, que já tem diversas passagens pela polícia, por homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Em outra situação, Rebeca já havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-cunhado, por causa de agressões em uma terceira pessoa.

A família da vítima acredita que o sequestro da jovem foi motivado por vingança, já que Edson Júnior, o Juninho, já tentou matar a irmã de Rebeca e o filho. A esperança, porém, é que possam encontrar a estudante com vida.

Já a polícia acredita que Rebeca possa ter sido assassinada e que o corpo tenha sido jogado no rio. Até o momento, não há informações sobre o paradeiro da jovem.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.