Segurança

“Esta infeliz matou meu filho”, diz pai de menino Henry

Leniel Borel de Almeida, pai do menino, usou as redes sociais nesta quinta-feira (8) para fazer uma homenagem à Henry

Daniela
Daniela Borsuk com informações do portal G1, do Rio de Janeiro

“Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito”. Essas foram as palavras do pai do menino Henry Borel Medeiros durante a prisão da mãe da criança, Monique Medeiros, conforme informações do portal G1, do Rio de Janeiro. Monique e o vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (Solidariedade) foram detidos na manhã desta quarta-feira (8), suspeitos de envolvimento na morte de Henry.

Leniel Borel de Almeida, pai do menino, usou as redes sociais nesta quinta-feira (8) para fazer uma homenagem à Henry, no dia em que a morte da criança completa um mês.

“Henry, 30 dias que te dei o último abraço. Nunca vou esquecer de cada minuto do nosso último final de semana juntos. Deixar você bem, cheio de vida, com todos os sonhos e vontades de uma criança inocente” escreveu Leniel.

“Desculpe o papai por não ter feito mais, lutado e protegido você muito mais. Confiamos que Deus fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia. Salmos 37.”

Escreveu o pai de Henry no Instagram.

O caso

Henry Borel Medeiros, de 4 anos, morreu no dia 8 de março, ao dar entrada em um hospital da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Segundo o pai do garoto, Leniel Borel, ele e o filho passaram, normalmente, o fim de semana juntos. Por volta das 19h do dia 7, o engenheiro o levou de volta para a casa da mãe do menino, Monique Medeiros da Costa e Silva de Almeida, que mora com o vereador.

De acordo com informações do jornal Metrópoles, ainda segundo o pai de Henry, por volta das 4h30 do dia 8, ele recebeu uma ligação de Monique falando que estava levando o filho para o hospital, porque o menino apresentava dificuldades para respirar.

Leniel afirma que viu os médicos tentando reanimar o pequeno Henry, sem sucesso.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.