Guilherme
Guilherme Becker / Editor

17 de janeiro de 2020 - 00:00

Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:29

Notícias

Enterro da família que morreu em acidente na BR-277 será neste sábado (18)

Testemunhas revelaram que aquaplanagem causou acidente

Enterro da família que morreu em acidente na BR-277 será neste sábado (18)
(FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

A família de Foz do Iguaçu que morreu em um acidente nesta quinta-feira (16), em Palmeira, nos Campos Gerais, será enterrada neste sábado (18) no oeste do Paraná. Jefferson Cadrenal estava com a esposa, Sandra Carneiro Cadrenal, a irmã Gabriela Mendes e os dois filhos, Gustavo e Waleska. O carro da família, que seguia em direção a Itajaí, em Santa Catarina, colidiu de frente com um ônibus do transporte coletivo.

De acordo com o depoimento de testemunhas, o carro da família aquaplanou na BR-277 e invadiu a pista contrária. Com a força do impacto os cinco ocupantes do veículo morreram na hora.

Enterro da família será em Foz do Iguaçu

Os corpos dos cinco familiares foram encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa. Na manhã deste sábado (18), o velório será realizado na Capela São Miguel, onde os parentes participavam da Pastoral da Família. Na sequência será realizado o sepultamento, entretanto o horário ainda não foi divulgado.

Segundo familiares, que ainda estão sem acreditar na tragédia, Jefferson e Sandra estavam de férias com as crianças e seguiam com destino a Itajaí, no litoral catarinense. Como a irmã de Jefferson também estava de folga, aproveitou para ir junto com o irmão e os sobrinhos.

Após saírem às 6h30 de quinta-feira (16) de Foz do Iguaçu, a expectativa era chegar ao litoral antes do anoitecer. Mas, uma tragédia interrompeu a viagem e os sonhos da família.

Família morre em acidente na BR-277

O acidente entre o carro e um ônibus matou cinco pessoas da mesma família, na BR-277, em Palmeira. Jefferson Cadrenal tinha 36 anos e era servidor público, o homem se preparava para realizar um concurso público. Já a esposa de Jefferson, Sandra Carneiro tinha 40 anos e havia entrado em férias no último dia 15. A técnica de enfermagem trabalhava no Hospital Municipal.

Os filhos do casal viviam um momento especial. A mais jovem, Waleska Carneiro, de 10 anos, estava na expectativa de iniciar os estudos no colégio militar, visto que havia sido aprovada no processo seletivo no final de 2019. Já o irmão mais velho, Gustavo Carneiro, de 14 anos, se preparava para mais um ano no colégio militar.

Também estava no carro a adolescente Gabriela Cadrenal Mendes. A jovem era irmã de Jefferson e aproveitou a viagem da família ao litoral para descansar um pouco. Confira a identificação das vítimas:

  • Jefferson Cadrenal, de 36 anos;
  • Sandra Carneiro Cadrenal, de 40 anos;
  • Waleska Carneiro Cadrenal, de 10 anos;
  • Gustavo Carneiro Cadrenal, de 14 anos;
  • Gabriela Cadrenal Mendes, de 17 anos.