Segurança

Educador social é suspeito de abusar sexualmente de três adolescentes, em Araucária

No momento, as adolescentes seguem recebendo apoio de um psicólogo, e o promotor responsável pelo caso aguarda a conclusão dos laudos periciais

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Educador social é suspeito de abusar sexualmente de três adolescentes, em Araucária

14 de outubro de 2020 - 13:04 - Atualizado em 14 de outubro de 2020 - 13:05

Um educador social é suspeito de abusar sexualmente de três adolescentes em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. O homem, de 36 anos, foi preso preventivamente após uma denúncia do Ministério Público do Paraná.

Conforme a denúncia do MPPR, o educador social é funcionário público há muitos anos e trabalha em um casa de acolhimento de Araucária. No local, o indivíduo é suspeito de abusar de três adolescentes entre 13 e 14 anos há aproximadamente um mês.

Educador social é suspeito de abusar sexualmente de adolescente durante a madrugada

Ainda de acordo com a denúncia, o ato teria sido descoberto após as adolescentes contarem sobre os abusos sexuais a uma funcionária da casa de acolhimento. Segundo as meninas, elas vinham sendo visitas pelo educador social durante a madrugada.

De acordo com Thiago Wladka, da Polícia Civil, na denúncia consta que com uma das adolescentes o indivíduo teria consumado o ato sexual.

“O promotor representou pela preventiva depois que pegou esses fatos, ligou pra mim e pediu um apoio pra gente prender o suspeito. Fomos até a residência desse indivíduo e o prendemos lá”.

No momento, as adolescentes seguem recebendo apoio de um psicólogo, e o promotor responsável pelo caso aguarda a conclusão dos laudos periciais.

“Pra nós ele negou, o promotor ainda vai ouvi-lo, e posteriormente acredito que assim que concluir as investigações acredito que o promotor possa oferecer denúncia contra esse indivíduo”, concluiu Wladka,