Segurança

Cuidado! Polícia orienta sobre golpe do falso sequestro

É importante que no momento da ligação a pessoa se mantenha calma, entre em contato com o familiar que supostamente teria sido sequestrado para confirmar a veracidade dos fatos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Agência de Notícias do Paraná
Cuidado! Polícia orienta sobre golpe do falso sequestro

27 de dezembro de 2020 - 09:01 - Atualizado em 27 de dezembro de 2020 - 09:01

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) alerta a população para possíveis golpes do falso sequestro nesta época de festas de fim de ano. Nesta semana, policiais orientaram uma senhora que estava prestes a depositar dinheiro para os criminosos, em Matinhos, no litoral do Paraná.

Golpe do falso sequestro: golpistas ligam para a vítima e afirmam ter sequestrado algum familiar

O golpe do falso sequestro funciona da seguinte maneira: os golpistas ligam para a vítima e afirmam ter sequestrado algum familiar dela. Em seguida, os bandidos colocam outra pessoa para falar ao telefone se passando pelo familiar refém e pedem dinheiro para que a pessoa seja liberada.

É importante que no momento da ligação a pessoa se mantenha calma, entre em contato com o familiar que supostamente teria sido sequestrado para confirmar a veracidade dos fatos. Em nenhum momento deve-se fazer a transferência dos valores pedidos antes de verificar a situação e comunicar a polícia.  

Nesta semana, a PCPR auxiliou uma senhora que estava sendo vítima deste golpe. Ela recebeu uma ligação afirmando que a filha havia sido sequestrada e pediram uma quantia em dinheiro.  

A senhora saiu para depositar o valor pedido, porém uma vizinha impediu que isso ocorresse. No caminho também encontrou uma policial civil que conseguiu acalmá-la, fazendo com que ligasse para a filha, certificando-se de que ela estava bem.  

A PCPR ressalta que o mais importante nesta situação é manter a calma. Caso tenha sido vítima deste golpe registre um boletim de ocorrência pela internet no Portal da PCPR ou presencialmente na delegacia mais próxima.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.