Segurança

Criança de sete anos afirma que filho da babá tentou trocar suco por abuso sexual

O abuso teria iniciado quando a menina pediu ajuda para arrumar o pneu da bicicleta; o homem de 37 anos chegou a ser preso, mas foi solto após a audiência de custódia

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com reportagem de Nader Khalil da RIC Record TV, Curitiba
Criança de sete anos afirma que filho da babá tentou trocar suco por abuso sexual
Foto: Reprodução/RIC Record TV

16 de fevereiro de 2021 - 15:26 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2021 - 15:31

A mãe da menina de sete anos que contou ter sido abusada sexualmente pelo filho e sua babá, um homem de 36 anos, em Balneário Pontal do Sul, no município de Pontal do Paraná, no litoral do Paraná, conversou com a RIC Record TV. Durante a entrevista, ela explicou como descobriu que havia algo errado.

A mulher, que não terá seu nome divulgado, disse que tudo começou quando chegou para buscar os filhos na casa da babá na última sexta-feira (12). Na ocasião, a própria cuidadora disse que o seu filho havia passado as mãos na barriga da criança. 

“Ela falou assim para mim: ‘Ele [filho] fez uma brincadeira e acabou pegando na barriga dela, eu queria já falar para você porque ela pode falar outra coisa para você e você pode não entender. Mas eu achei que ela ficou muito nervosa”, disse a mãe da menina. 

Desconfiada, ela chamou a criança para conversar a sós e, foi então, que descobriu o abuso sexual. Segundo o relato, a menina afirmou que o homem passou as mãos em suas partes íntimas. 

“Mãe, ele falava assim para mim: ‘Quer um suco? Eu te dou o suco, só que eu vou passar a mão em você. Eu não estava aguentando mais ele passando a mão em mim. E dessa vez eu falei: ‘Não, você não vai passar a mão em mim e aí, ele me pegou à força”, disse a criança. 

De acordo com a investigação, da Polícia Civil, o homem aproveitou que a menina pediu ajuda para dar início ao crime.

“O abuso aconteceu de forma única, pelo menos no que a gente apurou até agora, furou o pneu da bicicleta da criança. A criança solicitou para que o autor consertasse o pneu e o autor falou prestaria esse serviço para ela, se em troca, ela permitisse que ele passasse as mãos nas partes íntimas dela. A criança negou, ele ainda tentou forçosamente praticar o ato. Quando a criança saiu e foi em um busca de ajuda com a babá”, explicou a delegada Elen Victer, que cuida do caso. 

Ainda segundo a mãe, após procurar a babá e o homem para esclarecer a situação, os dois negaram e afirmaram que a menina estava mentindo. Revoltada, ela procurou a polícia e fez a denúncia. 

Conforme a delegada, além da própria criança ter confirmado os abusos, o depoimento da babá e de uma testemunha possibilitaram a abertura de um inquérito contra o suspeito 

“Em casos como esse, na verdade, a palavra da vítima é o que mais importa. Diante do que me foi apresentado, da oitiva da testemunha, da oitiva da própria babá, ficou para mim claro que havia indícios da materialidade do crime e fizemos a prisão em flagrante do autor”, explicou Victer. 

O homem chegou a ser preso em flagrante, mas foi solto pelo Juiz, durante a audiência de custódia. Ele irá responder ao processo em liberdade. 

O caso segue em investigação.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.