Segurança

Corpos de vítimas de tragédia na Serra do Mar seguem para aeroporto de Curitiba

Dos 19 mortos, 18 seguirão de avião para Belém, no Pará; no mesmo voo também viajam os sobreviventes e familiares que vieram até o Paraná para reconhecer as vítimas fatais

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Corpos de vítimas de tragédia na Serra do Mar seguem para aeroporto de Curitiba
Foto: Daniela Sevieri/RIC Record TV

27 de janeiro de 2021 - 17:59 - Atualizado em 28 de janeiro de 2021 - 14:02

Os corpos de 18 vítimas do acidente com um ônibus de turismo na BR-376, trecho da Serra do Mar, em Guaratuba, no litoral do Paraná, foram transportados do Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba para o Aeroporto Internacional Afonso Pena no fim da tarde desta quarta-feira (27). 

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Paraná (Sesp), além dos corpos, o voo também levará os sobreviventes da tragédia e os familiares que viajaram até a capital paranaense para reconhecer as vítimas. A previsão de saída é às 21h.

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), informou por sua rede social, que o avião deve chegar em Belém por volta da 0h30 de quinta-feira (28). O voo comercial foi fretado pelo governo paraense, de onde saiu o ônibus com destino a Santa Catarina. 

Ao todo, 19 pessoas morreram no acidente na Serra do Mar. O corpo de uma delas não seguirá para o Pará porque já foi entregue à família para ser sepultado na cidade de Palhoça, no estado catarinense. 

Veja o vídeo:

Ônibus sofre acidente em Guaratuba

A colisão ocorreu na manhã de segunda-feira (25), por volta das 8h30, quando o ônibus de turismo descia a Serra do Mar em direção ao estado de Santa Catarina.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo saiu da pista, colidiu contra a mureta de proteção, tombou às margens da rodovia e caiu em um precipício de cerca de 15 metros.  

vitimas acidente guaratuba(Foto: Divulgação/PRF) 

Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o ônibus de turismo saiu de Ananindeua, no Pará, na última sexta-feira (22), às 19h, com destino final a São José, em Santa Catarina.

O documento entregue pela empresa de turismo informou que 53 passageiros e dois motoristas estavam no veículo no momento do acidente. Três passageiros haviam desembarcado em Curitiba, cerca de duas horas antes. Em entrevista, concedida à RIC Record TV, um deles afirmou que acredita ter sido livrado por Deus. 

Os óbitos confirmados são de 13 adultos, cinco adolescentes e um bebê de seis meses de idade, além das vítimas fatais, cerca de 31 pessoas ficaram feridas.

VEJA QUEM SÃO AS VÍTIMAS MORTAS EM ACIDENTE COM ÔNIBUS NA BR-376

O caso é investigado pela Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), de Curitiba, que aguarda os resultados da perícia para entender o que causou a tragédia na Serra do Mar.

Em depoimento, o motorista que dirigia o ônibus no momento do acidente afirmou que houve falha mecânica nos freios do veículo. Além disso, ele afirmou que chegou a tentar acessar a área de escape da rodovia, que fica a um quilômetro do local do acidente, mas não conseguiu devido a presença de outros veículos.

“Segundo ele, ao iniciar a serra, ele percebeu que o sistema de freio não estava respondendo, ao visualizar o painel do veículo constatou que o balão de ar do freio do lado direito estava completo. No entanto, o do lado esquerdo estava pela metade e por essa razão, ele não estava conseguindo efetuar a frenagem do veículo. Nesse momento, ele tentou ir para uma área de escape, no entanto, havia alguns veículos que impediram ele de acessar essa área, pensou também na possibilidade de encostar em um bitrem, no sentido de diminuir a velocidade, no entanto, analisou melhor e verificou que essa conduta causaria um risco ainda maior e na, sequência, ao fazer a curva terminou colidindo com a mureta de contenção. O veículo deslizou por alguns metros, tombou e caiu na ribanceira”, contou o delegado Edgar Santana. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.