Segurança

Homem que tentou colocar fogo em casa no Uberaba é irmão da vítima

O irmão do suspeito afirmou que vinha sendo ameaçado de morte; com medo, ele fugiu de Curitiba junto com a esposa e as filhas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com reportagem de William Bittar da RIC Record TV, Curitiba
Homem que tentou colocar fogo em casa no Uberaba é irmão da vítima
Foto: Reprodução/Câmera de segurança

22 de setembro de 2020 - 14:46 - Atualizado em 24 de setembro de 2020 - 19:54

O homem que invadiu uma residência no bairro Cajuru, em Curitiba, e tentou colocar fogo no local, nesta segunda-feira (21), foi identificado como Felipe Assis Traico. Ele é irmão de Adriano Assis Traico que vivia na casa alugada com a família. 

Conforme Adriano, um dia antes do crime, ele resolveu fugir da cidade com a esposa e as filhas porque estava com medo do próprio irmão

“Nesse exato momento eu estou na BR fugindo porque eu tenho medo, eu não sei se ele vai vir atrás de mim, pegar meus filhos. Ele é traficante, ele tem um envolvimento muito grande com ladrão, com gangue, ele pode mandar alguém em matar”, disse Adriano em um vídeo gravado durante a fuga. 

Adriano explica que os dois se desentenderam por causa de dinheiro e, por isso, ele começou a sofrer intimidações do irmão. “Ele queria dinheiro, quando eu falei que não, ele começou a discutir comigo. Ele falou que se eu não mandasse, ele ia tacar fogo na minha casa. E hoje ele foi e tacou fogo na casa, mas ele pensava que eu estava aí [Curitiba], ele ia matar eu e minha família”, desabafou. 

Homem ameaça irmão e vizinhos 

Para comprovar que vinha sendo ameaçado de morte por Felipe, Adriano apresentou à RIC Record TV vários vídeos e áudios. Em um deles, Felipe mostra uma pistola enquanto afirma que está com vontade de atirar no irmão

Outro vídeo mostra que após tentar colocar fogo na casa em que o irmão vivia, Felipe gravou um vídeo do local em chamas, encaminhou para Adriano e comemorou.

“Ai, ai, ai, ai como eu tô sorrindo a toa, tua casinha tá pegando fogo”, disse o suspeito no áudio. 

Felipe e sua esposa Sandra da Silva Jorge são procurados pela polícia. (Foto: Reprodução/RIC Record TV)

Além disso, depois que as imagens do crime foram parar na televisão, Felipe ainda prometeu que irá voltar até a residência, atear fogo nela e na casa dos vizinhos que divulgaram o vídeo no qual ele aparece.

“Ele falou que vai voltar aí, que vai tacar fogo na casa dos vizinhos em volta. Ele achou que os vizinhos gravaram para mim. Tem que ficar todo mundo de olho, tem que colocar ele como procurado, senão ele pode matar mais alguém aí”, explicou Adriano. 

O crime

A crime foi registrado por uma câmera de segurança e mostra o momento em que Felipe arromba o portão da garagem com um Fiat Uno, branco, incendeia o veículo e foge com a ajuda de um segundo carro que dava cobertura ao crime. 

O caso é investigado pela Polícia Civil.

Assista à reportagem: 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.