Segurança

Veja cativeiro onde filha do prefeito de Laranjeiras do Sul foi mantida por 5 dias

No cativeiro, três pessoas foram presas, sendo dois homens e uma mulher

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Veja cativeiro onde filha do prefeito de Laranjeiras do Sul foi mantida por 5 dias

22 de outubro de 2020 - 11:36 - Atualizado em 22 de outubro de 2020 - 11:36

médica Tamires Gemelli Silva Mignoni, filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, no sudoeste do Paraná, foi resgatada na noite desta quarta-feira (21) após passar mais de 130 horas em cativeiro, o equivalente a cinco dias.

Na sexta-feira (16), Tamires foi sequestrada no final da manhã em Erechim, no Rio Grande do Sul, cidade onde trabalha. Desde então, as buscas pela médica foram iniciadas, e Tamires foi encontrada em Cantagalo, cerca de 40 quilômetros onde o pai é prefeito.

Filha do prefeito de Laranjeiras do Sul estava presa em uma casa em Cantagalo: veja imagens

Na manhã desta quinta-feira (22), a repórter Beatriz Frehner, da RIC Record TV, foi até o cativeiro onde a médica foi mantida refém. No local, vizinhos informaram que a casa estava aparentemente disponível para locação há um mês.

De acordo com informações da Polícia Civil, Tamires foi sequestrada no momento que deixava a unidade de saúde onde trabalha em Erechim, e foi levada no próprio carro, que foi encontrado algumas horas mais tarde. 

No cativeiro, três pessoas foram presas, sendo dois homens e uma mulher. 

Veja imagens abaixo:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.