Segurança

Caso Matheus Evangelista: julgamento de ex-Guarda Municipal é adiado novamente em Londrina

Crime aconteceu em 2018 quando o jovem participava de uma festa na zona norte de Londrina.

André
André Justus
Caso Matheus Evangelista: julgamento de ex-Guarda Municipal é adiado novamente em Londrina
Imagem: Reprodução/Arquivo N.Com

26 de agosto de 2020 - 12:27 - Atualizado em 26 de agosto de 2020 - 12:27

O caso Matheus Evangelista tem mais um capítulo nesta semana. O Julgamento do ex-Guarda Municipal (GM) que estava previsto para a terça-feira (25) foi transferido para 27 de outubro. Fernando Neves é acusado de matar o estudante Matheus Evangelista, de 18 anos, em março de 2018, em Londrina, no norte do Paraná.

Para a 1ª Vara Criminal, o motivo do adiamento foi o risco de contaminação do coronavírus durante a pandemia e também devido ao período de fechamento dos edifícios dos Fóruns e do Tribunal de Justiça.

Imagem: Reprodução/Facebook

Relembre o caso Matheus Evangelista

Uma equipe da Guarda Municipal foi chamada para atender uma ocorrência de perturbação de sossego na data de 11 de março de 2018, em uma festa que acontecia na zona norte de Londrina. Durante abordagem, Matheus foi baleado e morreu antes da chegada de socorro. O ex-GM Fernando Neves é acusado de disparar contra Matheus.

Receba as melhores notícias de Londrina e região pelo Whatsapp. Faça parte do grupo!

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.