Segurança

Caso Ana Paula: Imagens mostram veículo da vítima sendo seguido por atirador

Logo após a mulher deixar a Sociedade Morgenau o motoqueiro já é flagrado atrás da vítima

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Caso Ana Paula: Imagens mostram veículo da vítima sendo seguido por atirador
(Foto: Câmera de Segurança/ Divulgação PCPR)

25 de junho de 2021 - 10:07 - Atualizado em 25 de junho de 2021 - 10:07

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) divulgou nesta sexta-feira (25) imagens de câmeras de segurança que mostram o carro de Ana Paula Campestrini sendo seguido pelo motociclista que na sequência cometeu o crime contra a mulher. Nos vídeos é possível ver que logo após a vítima deixar a Sociedade Morgenau, onde compareceu para emitir uma carteirinha para acompanhar os filhos em atividades esportivas, o suspeito iniciou a perseguição.

A distância entre o clube e o condomínio onde Ana Paula morava é de aproximadamente 11 quilômetros. O suspeito teria seguido a vítima do bairro Cristo Rei até o Santa Cândida, na capital paranaense, antes de efetuar os disparos.

Em outro trecho do percurso, flagrado por uma câmera de segurança, o motociclista também é visto a poucos metros atrás do carro da vítima. Confira as imagens:

Clube afasta presidente e diretor

Na manhã desta quinta-feira (24), a PCPR realizou uma operação que resultou na prisão de dois suspeitos de envolvimento na morte de Ana Paula Campestrini. De acordo com a investigação, os homens seriam o atirador e o mandante do crime.

Logo após a revelação da identidade dos suspeitos, que seriam um diretor e o presidente da Sociedade Morgenau, a instituição emitiu uma nota informando o afastamento dos indivíduos.

Wagner Cardeal Oganauskas, ex-marido da vítima, era presidente do Morgenau. Já Marcos Antonio Ramon atuava como diretor. Ambos foram ouvidos nesta quinta-feira na sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Confira a nota de esclarecimento da Sociedade Morgenau:

O crime 

Ana Paula estava dirigindo um carro, modelo Onix vermelho, quando foi surpreendida ao chegar no condomínio Recanto dos Pássaros. Câmeras de segurança registram o momento em que o motociclista parou ao lado do veículo, enquanto ela aguardava a abertura do portão automático, sacou a arma passou a disparar ininterruptamente. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada de socorro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.