Segurança

Jovem casal morre em acidente na BR-277 após jantar com os pais, em Cascavel

Vítimas estavam em uma motocicleta e foram atingidas por um carro que realizava uma ultrapassagem irregular, segundo a PRF

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Jovem casal morre em acidente na BR-277 após jantar com os pais, em Cascavel
(FOTO: REPRODUÇÃO/ REDES SOCIAIS)

13 de julho de 2020 - 12:11 - Atualizado em 13 de julho de 2020 - 12:11

Um casal morreu neste final de semana após um acidente grave na BR-277, em Cascavel, no oeste do Paraná. Marcelo Manuel Elger, de 23 anos, e Jullie Alisson Casagrande Costa, de 20, estavam retornando para casa após um jantar em família. Enquanto trafegavam em uma motocicleta foram atingidos por um carro que realizava uma ultrapassagem irregular, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Com o impacto da colisão, o casal foi arremessado a metros de distância e não resistiu. Os dois entraram em óbito no local. Após atingir a motocicleta, o veículo Renault Clio ainda bateu na lateral de um caminhão e outro motociclista, que seguia atrás do veículo maior, também acabou se envolvendo. Além das mortes, outras duas pessoas tiveram ferimentos, porém não correm risco de vida.

Imprudência mata casal em Cascavel

A noite de sábado (11) terminou de maneira trágica em Cascavel. Marcelo e Jullie, que trabalhavam e moravam juntos, foram jantar na casa de familiares. Na volta para casa, próximo ao perímetro urbano de Cascavel, a motocicleta que os jovens estavam foi atingida de frente por um veículo na contramão.

Após o acidente, o irmão de Marcelo que também estava no jantar, porém ficou até mais tarde na residência, cruzou com a ocorrência na estrada, mas não parou, sem saber que seria os familiares. No momento que já estava se preparando para descansar, o jovem recebeu a triste notícia.

Marcelo e Jullie foram sepultados na tarde deste domingo (12). O motorista que causou o acidente foi encaminhado para o hospital e logo que teve alta foi levado para a delegacia. A Polícia Civil abriu inquérito e o motorista permanece detido.