Segurança

Casal gay é morto na frente de duas crianças em Campo Largo

Polícia procura saber o que motivou o crime, se foi homofobia ou se o casal foi morto por engano.

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Casal gay é morto na frente de duas crianças em Campo Largo
Foto: Reprodução/RIC Record TV.

29 de julho de 2020 - 13:14 - Atualizado em 30 de julho de 2020 - 14:19

A Polícia Civil investiga a morte do casal homossexual Cesar Silveira, 35 anos, e Mateus Valeri Antunes, de 24. Os dois foram mortos em casa, no Jardim Itaqui, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na madrugada de terça-feira (28).

O casal foi executado na frente de duas crianças, que eram filhas de um deles. O que se sabe, até agora, é que o casal estava junto há 3 anos, tinha se mudado para Campo Largo há menos de duas semanas e veio para a RMC para tentar melhorar de vida.

Conforme a polícia, no momento do crime, as duas crianças estavam na residência e provavelmente presenciaram tudo. Mas o que tem incomodado os investigadores é descobrir por qual o motivo os dois homens foram mortos. Isso porque, pelo menos por enquanto, não há suspeita sobre o que poderia ter acontecido.

As investigações seguem pela delegacia da cidade, mas o delegado preferiu não passar nenhuma informação neste momento. O que se sabe é que a polícia apura um possível crime de homofobia e não descarta nem a possibilidade de que o casal possa ter sido morto por engano.

Veja a reportagem completa sobre a morte do casal em Campo Largo: