Segurança

Carro bate em poste que já foi trocado 10 vezes em rua de Curitiba

Morador disse que foi até bloqueado na Central 156, de tanto que ligou pedindo mais sinalização e providências.

Giselle
Giselle Ulbrich com informações do repórter Marcelo Borges, da RIC Record TV Curitiba
Carro bate em poste que já foi trocado 10 vezes em rua de Curitiba

24 de julho de 2021 - 10:44 - Atualizado em 28 de julho de 2021 - 10:28

O endereço do problema é a Rua Celeste Tortato Gabardo, em frente ao número 249, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Neste ponto da rua, o poste de luz já teve que ser trocado 10 vezes nos últimos 10 anos, devido a acidentes de trânsito. Os moradores locais já pediram providências à prefeitura. Mas um deles foi até bloqueado no telefone 156, da prefeitura, de tanto que ligou informando o problema e pedindo ajuda.

A arquitetura da rua faz com que muitos motoristas percam o controle da direção naquele trecho de rua e alguns atingem o poste. Alguns causam o acidente por imperícia ao volante, outros por irresponsabilidade mesmo. Este último foi o caso de um motorista que bateu no poste na noite desta sexta-feira (23).

Conforme apuração do repórter Marcelo Borges, da RIC Record TV, um homem embriagado acertou o poste. Foi atendido pelo Siate e liberado ali mesmo, pois tinha só alguns ferimentos leves. O poste, no entanto, terá que ser trocado mais uma vez.

O motorista confessou que misturou medicação controlada com bebida alcóolica, o que lhe tirou a capacidade de dirigir. Por conta da confissão de embriaguês, o homem foi detido e levado à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).

O segurança Lourival de Lara é o morador da região e diz ter sido bloqueado na Central 156, da Prefeitura de Curitiba, de tanto que ligou pedindo para colocar mais sinalização no local. “Geralmente é acidente com motorista bêbado”, disse o segurança. Até hoje, diz ele, nenhuma providência foi tomada em relação á sinalização no local.

O que diz a prefeitura

O RIC Mais entrou em contato com a prefeitura de Curitiba, que informou que irá verificar tanto a questão da melhoria de sinalização do trecho, quando do suposto bloqueio do morador na Central do 156.