Segurança

Corpos de casal desaparecido em Goioerê podem estar enterrados em Nova Aurora

“Nós estivemos lá ontem no local e dói muito, doí muito no coração saber que ela está por ali e eu não consigo chegar até ela” disse a mãe de Kawany

Gabriel
Gabriel Trevisan
Corpos de casal desaparecido em Goioerê podem estar enterrados em Nova Aurora
Foto: Redes sociais

29 de setembro de 2020 - 11:23 - Atualizado em 29 de setembro de 2020 - 11:23

Desaparecidos desde o dia 3 de agosto em Goioerê, os corpos do casal, Rubens Biguett, de 29 aos, e Kawany Cleve, de 23 anos, ainda não foram encontrados. Mesmo com cinco pessoas presas, suspeita de envolvimento no desaparecimento, nenhuma pista revela a localização exata em que os corpos estão enterrados.

Em entrevista ao site Umuarama News, a mãe da jovem desaparecida contou que recebeu informações de que os corpos estariam enterrados em uma área de mata de Nova Aurora, cidade 54 quilômetros distante de Goioerê.

“Eu preciso encontrar ela, eu preciso… Nós estivemos lá ontem no local e dói muito, doí muito no coração saber que ela está por ali e eu não consigo chegar até ela” disse a mãe de Kawany

A mãe da jovem também agradeceu o ótimo trabalho da Polícia Civil que segue investigando para tentar encontrar os corpos dos dois. O caso passou a ser tratado como duplo homicídio, uma vez que nenhum resgate foi pedido, o que descaracteriza a possibilidade de sequestro, e devido ao tempo de desaparecimento.

Cinco pessoas já estão presas suspeitas de envolvimento no caso. Suziane Ferreira dos Santos, de 23 anos, era amiga de Kawany e por inveja teria orquestrado todo o plano de execução. Já Mauro José Cavalcante Sobrinho, conhecido como Ceará, e Alessandro Benati de Souza, conhecido como Mohamed, seriam os possíveis executores do plano.

Estão presos preventivamente também um advogado de Goioerê, acusado de fornecer munição para a execução do casal e Lucas Vinicius Pimenta, por envolvimento com um dos executores de Kawany e Rubens.

A cada nova informação que chega à delegacia, novas buscas são realizadas para tentar localizar as vítimas, no entanto, nada de concreto que leve aos dois foi encontrado.

Denúncias devem ser repassadas ao 190 e 197 de forma anônima e gratuita.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.