Segurança

Briga por venda de carro acaba em morte no Bairro Alto, em Curitiba

A vítima foi morta com pelo menos duas facadas e golpes de pedras; o crime ocorreu no estacionamento da casa do suspeito, localizada na Heitor Baggio Vidal

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com reportagem de Nader Khalil da RIC Record TV, Curitiba
Briga por venda de carro acaba em morte no Bairro Alto, em Curitiba
Foto: Reprodução/RIC Record TV

23 de outubro de 2020 - 19:28 - Atualizado em 23 de outubro de 2020 - 19:29

Um homem foi morto durante uma briga causada pela venda um carro no Bairro Alto, em Curitiba, durante a tarde desta sexta-feira (23). Wesley Souza da Silva, de 32 anos, foi ferido com golpes de faca e pedradas na cabeça.

Policiais foram até a rua Heitor Baggio Vida depois que uma denúncia anônima informou que um homem havia sido esfaqueado durante uma discussão. No entanto, quando chegaram ao local, eles encontraram o suspeito tentando colocar a vítima dentro de um veículo, provavelmente, para esconder o corpo em outro lugar. 

“Por ele ter colocado no banco de trás do carro, ele tinha alguma intenção que não foi a de acionar a polícia ou coisa do tipo”, explicou o tenente Merege, da Polícia Militar. 

Wesley morreu pouco tempo depois da chegada da PM.“O rapaz que foi esfaqueado e, aparentemente, agredido com algumas pedras ainda estava com vida. Foi feito um primeiro atendimento pela equipe e rapidamente foi acionado o Siate, mas quando eles chegaram ao local não foi possível fazer nada, foi constatado o óbito”, completou o tenente. 

Leonardo Machado, de 26 anos, foi preso em flagrante por homicídio. Ele assumiu o assassinato e declarou que foi motivado pela desavença em relação a venda do veículo Ford Ka que estava na cena do crime. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.