Notícias

Pai é preso após filho de 10 meses quase morrer ao comer porção de maconha

Mãe da criança revelou que a droga era do companheiro

Guilherme
Guilherme Becker / Editor

12 de novembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 12 de novembro de 2019 - 00:00

Um bebê, de apenas 10 meses, foi internado com urgência após ingerir, possivelmente, uma porção de maconha. O caso foi registrado na madrugada desta terça-feira (12), em Manaus, no Amazonas. A mãe da criança, de 24 anos, relatou que percebeu sintomas estranhos e logo encontrou restos de entorpecentes na casa. Após levar o filho ao hospital, a Polícia Militar (PM) foi acionada e mais entorpecentes foram encontrados com o pai, que acabou preso.

Ainda nesta madrugada, a criança passou por um procedimento de desintoxicação e continua em observação médica.

Bebê ingere maconha

Enquanto realizava uma faxina em casa, a mãe de um bebê percebeu sintomas estranhos. A criança vomitava e desmaiava com frequência. Assustada, a mulher logo levou o pequeno ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galilélia, no bairro Monte das Oliveiras, na zona norte de Manaus.

No local, a mulher informou aos médicos que havia encontrado restos de maconha e a criança havia passado o dia sob os cuidados do pai, que possui 21 anos. Com a denúncia, o hospital acionou a PM que realizou uma abordagem no homem. Dentro da mochila do suspeito foram encontradas 39 trouxinhas de oxi, que é uma droga derivada da cocaína, e uma porção de cocaína. O homem recebeu voz de prisão e foi detido.

Mãe revela que companheiro é usuário de drogas

Os policiais que realizaram a ocorrência revelaram ao jornal Manaus Alerta, que a mãe do bebê contou que a droga encontrada dentro da casa não era dela, então, supostamente seria do marido. A mulher ainda contou que o companheiro é usuário de drogas.

Além do homem, que foi detido, a mãe do bebê também foi levada do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis.