Segurança

Balanço: PM registra redução de crimes no Litoral durante Carnaval

A avaliação do coordenador do Verão Consciente 2020/2021 pela PM é de que a redução de crimes se deu por conta da intensificação do policiamento preventivo

Daniela
Daniela Borsuk com Agência Estadual de Notícias
Balanço: PM registra redução de crimes no Litoral durante Carnaval
(Foto: Polícia Militar do Paraná)

17 de fevereiro de 2021 - 14:08 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 14:09

O balanço da Polícia Militar do Paraná sobre os cinco dias de Carnaval no Litoral aponta a redução de crimes na região. O comparativo com o mesmo período do ano anterior indica que os roubos caíram 48,2% (de 29 foi para 15), os furtos reduziram 64,7% (de 153 casos para 54) e as ocorrências de perturbação do sossego diminuíram 18,7% (de 64 para 52).

Neste Carnaval, a PM encaminhou 81 pessoas e apreendeu três armas de fogo, além de prestar 12.501 orientações aos veranistas e atender seis ocorrências de aglomeração de pessoas. Os dados são referentes aos atendimentos feitos entre sexta-feira (12) e terça-feira (16).

A avaliação do coordenador do Verão Consciente 2020/2021 pela PM, coronel Rui Noé Barroso Torres, é de que a redução de crimes se deu por conta da intensificação do policiamento preventivo em todo o Litoral. 

“Atuamos com força total nos dias de Carnaval, com todo o aporte logístico e material, para reforçar a segurança e a fiscalização para o cumprimento das medidas sanitárias. Tivemos a redução de vários crimes graças ao planejamento que fizemos, distribuindo o efetivo nos horários e locais que são mais sensíveis”.

Explicou Torres.

Mesmo com a decisão do Governo do Estado de cancelar o ponto facultativo do Carnaval em todo o Estado, assim como das tradicionais festividades, as praias ficaram movimentadas.

O policiamento com módulos móveis, bikes e motocicletas continuou intenso, assim como o trabalho de polícia comunitária com a entrega de pulseirinhas de identificação e de folders educativos de prevenção ao coronavírus e à dengue. 

De acordo com a análise da Polícia Militar dos três primeiros dias do Carnaval, além da redução de crimes, a PM fez 81 prisões e lavrou 141 Termos Circunstanciados (TCs) de crimes de menor gravidade. 

Também houve 9.264 abordagens a pessoas e 2.342 vistorias de veículos em todo o Litoral. Com a intensificação das ações de prevenção, a PM também atendeu mais casos de uso e de tráfico de drogas em comparação com o mesmo período de Carnaval do ano anterior. O tráfico subiu 11% (de 18 foi para 20) e as ocorrências de pessoas flagradas em uso de drogas foi de 38,1% (de 55 para 76).

“Tivemos a redução em todos os índices, como nos crimes de furto e roubo, menos de 2 por dia por cidade, mesmo tendo mais de 1 milhão de pessoas na região. Além disso, o número de orientações, de abordagens e de prisões, seja para flagrante ou para Termo Circunstanciado, também foi maior em comparação com o Carnaval do ano anterior”.

Destacou o coronel Barroso.

Trânsito

Também houve atuação do Pelotão de Trânsito do 9º Batalhão de Polícia Militar e das equipes do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), por meio da Companhia Tático Móvel de Trânsito.

Foi registrado aumento de infrações em 158,4%, ou seja, de 469 saltou para 1.212. As abordagens policiais resultaram, ainda, no aumento de 150% de veículos recolhidos por irregularidades (de 28 foi para 70).

Houve aumento nos encaminhamentos por embriaguez ao volante no Litoral. As abordagens policiais resultaram 18 prisões contra 16 no Carnaval anterior, um aumento de 12,5%.

“Com o aumento da fiscalização de trânsito, com bloqueios simultâneos em todos os municípios, tivemos um aumento de encaminhados pelo delito da embriaguez ao volante. Isso é uma forma de prevenção aos acidentes e a possíveis mortes de pessoas inocentes”.

Explicou o coronel.

As apreensões de drogas, principalmente as sintéticas, também tiveram destaque neste Carnaval devido a maior volume de ações da PM, com operações e intensificação de abordagens. As equipes policiais apreenderam 95 gramas de cocaína, 66 gramas de crack, 14 comprimidos de ecstasy, 25 pontos de LSD e 944 gramas de maconha. 

A prevenção da PM contra crimes também focou nos casos de perturbação do sossego. De sexta-feira a terça-feira houve 52 ocorrências e a lavratura de 29 Termos Circunstanciados dessa contravenção, ao passo que no mesmo período do ano anterior foram 64 ocorrências e 39 Termos Circunstanciados lavrados. 

Integrada

Neste Carnaval, as forças da PM distribuídas no Litoral atuaram em conjunto com as prefeituras com operações AIFU (Ação Integrada de Fiscalização Urbana) para fiscalizar o cumprimento do decreto governamental, principalmente sobre o horário limite de funcionamento de estabelecimentos comerciais, comércio e consumo de bebidas alcoólicas em ambiente público e aglomeração de pessoas.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.