Segurança

Acusado de assediar quatro mulheres é detido em Londrina

O homem confessou a prática de todos os atos.

André
André Justus com informações Delegacia da Mulher
Acusado de assediar quatro mulheres é detido em Londrina
Imagem: Reprodução/Whatsapp

24 de setembro de 2020 - 19:20 - Atualizado em 24 de setembro de 2020 - 19:21

A Polícia Civil do Paraná, junto da Delegacia da Mulher, prendeu preventivamente um homem, de 40 anos, acusado de assediar quatro mulheres pela prática do crime de importunação sexual em Londrina, no norte do Paraná.

1º CASO

Conforme com as investigações, o primeiro fato aconteceu no dia 11 de agosto, em um ponto de ônibus. A vítima, de 20 anos, relatou que um homem se aproximou dela com o zíper da calça aberto e com o órgão genital exposto. Ela se afastou, mas o homem continuou seguindo a mulher. Quando ela fez sinal para o ônibus parar, ele passou a mão em suas partes íntimas e saiu correndo.

2º CASO

O segundo fato de importunação sexual aconteceu no dia 24 de agosto, em um ponto de ônibus também. A vítima, de 40 anos, relatou que aguardava o transporte coletivo quando viu que um homem estava se masturbando próximo dela. Ao entrar no ônibus, o mesmo homem tocou suas partes íntimas com a mão e saiu correndo.

3º CASO

O terceiro caso ocorreu na manhã do dia 28 de agosto, no bairro Josualdo Garcia. A vítima, de 47 anos, estava no quintal da sua residência quando percebeu que um homem se aproximava do portão com as calças abertas e com o órgão genial para fora. Ele entrou na residência e agarrou a vítima por trás. Diante da tentativa de abuso, ela gritou e o homem fugiu correndo.

4º CASO

A ocorrência foi no dia 28 de agosto também, no bairro João Paz. A vítima, de 23 anos, estava com sua irmã fazendo matrícula no colégio, quando um homem entrou na escola, abrindo a calça e mostrando seu órgão sexual.

Ele tentou agarrar a vítima que gritou para pedir ajudar. Ele saiu correndo da escola e fugiu. As câmeras de segurança da escola registraram a entrada do indivíduo. Veja as imagens:

Vídeo: Reprodução/Whatsapp

Após divulgação das imagens no veículos de comunicação, como o Balanço Geral e Cidade Alerta, a Polícia Civil recebeu informações que levaram à identificação do homem.

Nesta quinta-feira (24), o investigado compareceu à Delegacia da Mulher. Durante interrogatório, o homem confessou a prática de todos os atos e, por isso, foi detido preventivamente. Ele já possuía antecedentes criminais pela prática do mesmo crime.

Receba as melhores notícias de Londrina e região pelo Whatsapp. Faça parte do grupo!