Segurança

Polícia prende assaltante de motorista de aplicativo após tentativa de homicídio, na RMC

De acordo com o suspeito, ele pretendia repassar o veículo roubado na cidade de Londrina

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Polícia prende assaltante de motorista de aplicativo após tentativa de homicídio, na RMC
Foto: PRF

17 de outubro de 2020 - 11:05 - Atualizado em 17 de outubro de 2020 - 11:05

Nesta sexta-feira (16), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um assaltante que tentou roubar e matar uma motorista de aplicativo durante uma corrida em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba.

De acordo com a PRF, após anunciar o assalto o passageiro sufocou a condutora até que ela ficasse inconsciente, e em seguida retirou a vítima do veículo e a abandonou às margens da BR-116, altura do quilômetro 69, acreditando que ela já estava morta.

Assaltante de motorista de aplicativo é preso e mulher recebe ajuda de motoristas

Felizmente, motoristas que passavam pelo local avistaram a vítima e pararam para socorrê-la. Além disso, as testemunhas também acionaram uma viatura da polícia pelo 191, que enviou ao local uma equipe e o serviço de resgate da concessionária.

No local, policiais constataram que a vítima estava viva e que o caso se tratava de uma tentativa de latrocínio, e então acionaram outras equipes da PRF para iniciar buscas pelo assaltante, que fugiu no veículo da vítima, um Fiat Siena de cor preta registrado em Colombo.

Mais tarde, equipes da PRF da Delegacia de Ponta Grossa visualizaram e abordaram o veículo na Unidade Operacional de Tibagi, na BR-376, a mais de 220 quilômetros do local do assalto. O condutor de 21 anos foi preso em flagrante.

De acordo com o suspeito, ele pretendia repassar o veículo roubado na cidade de Londrina.