Segurança

Após troca de presentes, mulher é morta durante a ceia na Grande Curitiba

Segundo testemunhas, namorado da vítima foi o autor dos disparos

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Após troca de presentes, mulher é morta durante a ceia na Grande Curitiba
(FOTO: REPRODUÇÃO/ REDES SOCIAIS)

26 de dezembro de 2020 - 16:25 - Atualizado em 26 de dezembro de 2020 - 16:27

Uma ceia de Natal terminou de maneira trágica na cidade de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. Por volta das 22h, da última quinta-feira (24), logo após a troca de presentes do amigo secreto, uma jovem de 29 anos foi baleada em frente ao portão da casa e acabou morrendo no dia seguinte.

De acordo com familiares, que presenciaram o crime, o autor dos disparos seria namorado da vítima e estava partilhando a ceia naquela noite. Everlaine Aparecida Ricardo foi levada pelo pai ao hospital. Durante a madrugada a jovem passou por uma cirurgia, porém, morreu nesta sexta-feira (25).

A dor da família de Everlaine, que fez a última despedida neste sábado (26), é ainda maior pelo fato de um filho da jovem ter morrido no início do mês. Segundo amigos, a vítima estava muito triste com a perda nos últimos dias. A mulher deixa outros dois filhos.

(FOTO: REPRODUÇÃO/ REDES SOCIAIS)

Namorado é o principal suspeito

O namorado de Everlaine está sendo procurado e é o principal suspeito pelo crime. De acordo com informações, pouco antes do crime, ele foi até sua casa, que fica próximo no bairro Bom Jesus. Na sequência ele retornou e pediu para conversar com a namorada.

Alguns familiares chegaram a pedir para ela não ir, pois o homem estava alterado. Mesmo assim ela foi, com alguns parentes acompanhando. Próximo do portão, ao perceber a presença de outras pessoas, o suspeito atirou contra a vítima. Logo em seguida ele fugiu.

Perdi meu subrinho dia 10 desse mês e essa madrugada esse ser humano deu um tiro na minha irmã Já não bastava a dor da…

Publicado por Crislaine Ribeiro em Sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

LEIA TAMBÉM: NO RIO DE JANEIRO UMA JUÍZA FOI MORTA POUCO ANTES DA CEIA

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.