Segurança

Após comoção nas redes sociais, suspeito de matar cachorro de estimação a tiros é preso

Ao ser questionado, o homem confessou ter matado o cão e escondido o corpo do animal em um matagal ao lado de um cemitério

Daniela
Daniela Borsuk
Após comoção nas redes sociais, suspeito de matar cachorro de estimação a tiros é preso
(Foto: Guarda Municipal de São José dos Pinhais)

17 de abril de 2021 - 17:56 - Atualizado em 17 de abril de 2021 - 17:56

Um homem, de 46 anos, suspeito de matar um cachorro de estimação da raça Shih-tzu a tiros foi preso na noite de sexta-feira (16), no bairro Barro Preto, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A prisão aconteceu após a comoção nas redes sociais com a publicação da dona do animal, que denunciou o caso.

(Foto: Reprodução/ Redes Sociais/ via Guarda Municipal de São José dos Pinhais)

A Guarda Municipal foi acionada pela mulher e encontrou o homem em meio à mata nas proximidades da Alameda Bom Pastor. No bolso do suspeito, foram localizadas munições. Uma espingarda foi encontrada nas proximidades, escondida em uma marcenaria.

Ao ser questionado, o homem confessou ter matado o cão e escondido o corpo do animal em um matagal ao lado de um cemitério. A equipe se deslocou o encontrou o cachorro morto dentro de uma sacola, que estava pendurada em uma árvore.

Diante da situação de flagrante, o homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com a dona do cão, até a Delegacia Regional de Polícia Civil de São José dos Pinhais.

Para o Secretário Municipal de Segurança, GM Ricardo Kusch, “este ato criminoso, bárbaro e extremamente cruel, não será tolerado em nossa cidade, não mediremos esforços para prender esses tipos de pessoas, crimes dessa natureza nos causam revolta e muita força para combater cada dia mais esses criminosos sem escrúpulos”, disse ele.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.