Segurança

Homem é preso por agredir e torturar filho de 9 meses no interior do Paraná

O bebê foi socorrido com uma fratura no fêmur e sinais de agressão no rosto; o suspeito seria usuário de drogas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Evandro Mandadori da RIC Record TV, Maringá
Homem é preso por agredir e torturar filho de 9 meses no interior do Paraná
Foto: Evandro Mandadori/RIC Record TV

22 de janeiro de 2021 - 13:48 - Atualizado em 22 de janeiro de 2021 - 13:52

Um homem foi preso por suspeita de agredir e torturar seu filho de nove meses em Marialva, no noroeste do Paraná, nesta sexta-feira (22). 

De acordo com a Polícia Civil, foi a avó materna que chamou o socorro após encontrar a criança com sinais de agressão no rosto e chorando muito ao fazer uma visita surpresa. A mulher contou que há alguns dias já não via o neto e desconfiou que existia algo errado porque sua filha estaria agindo de forma estranha.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado para atender a ocorrência e a equipe logo constatou uma fratura no fêmur do bebê. A médica então acionou a polícia. 

A criança precisou ser transferida para um hospital de Maringá para tratar do ferimento. 

A mãe, que sofre de algum tipo de distúrbio mental, ainda teria tentado alegar que o filho caiu do berço. Mas a informação não foi confirmada, e o pai acabou preso. Ainda conforme a polícia, o homem seria usuário de drogas. 

A polícia investiga se o bebê já havia sido agredido anteriormente.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.