Segurança

Adolescentes que vandalizaram parques em Apucarana vão responder judicialmente

Os jovens de 16 e 17 anos de idade, se apresentaram voluntariamente à Policia Civil de Apucarana e de acordo com o Guarda Civil Municipal (GCM) que acompanhou a apresentação dos adolescentes “só o fato deles se apresentarem voluntariamente demonstra uma atitude de arrependimento dos atos praticados”

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com informações da Prefeitura de Apucarana
Adolescentes que vandalizaram parques em Apucarana vão responder judicialmente
Adolescentes que vandalizaram parques em Apucarana vão responder judicialmente (Foto Câmeras de Segurança/Polícia Civil)

13 de maio de 2021 - 21:19 - Atualizado em 13 de maio de 2021 - 21:20

Acompanhados dos pais e advogados, os três adolescentes envolvidos nos atos de vandalismo contra o patrimônio público no parques municipais de Apucarana, apresentaram-se voluntariamente à Polícia Civil no início da noite de quarta-feira (12).

Os adolescentes com idades entre 16 e 17 anos, vão responder na Justiça pela prática de ato infracional análogo ao crime de dano qualificado e devem ainda serem submetidos a medidas socioeducativas.

Entenda o caso

Juntamente com outros amigos, os jovens se tornaram procurados depois de divulgarem em suas próprias redes sociais imagens do vandalismo praticados por eles no Parque Jabuti e no Parque Municipal dos 70.

Gravada por eles mesmos, as cenas, que rapidamente viralizaram em grupos de WhatsApp da cidade, geraram revolta e centenas de denúncias que por fim, ajudaram as autoridades de segurança a identificar todos os envolvidos.

De acordo com o Guarda Civil Municipal (GCM) que acompanhou a apresentação dos adolescentes junto à 17ª SDP de Apucarana, Reinaldo de Andrade, só o fato deles se apresentarem voluntariamente demonstra uma atitude de arrependimento dos atos praticados.

“São jovens que nunca flagramos em atitude semelhante em nossos patrulhamentos. Contudo, geraram grande revolta da população, afinal é dinheiro público que está sendo destruído”

comenta o agente, assinalando que o telefone 153 recebeu centenas de denúncias informando a identidade dos envolvidos.

Os crimes contra o patrimônio ocorreram entre as 23h de sábado e 3h da madrugada de domingo (09). Pelas imagens feitas e publicadas pelos próprios envolvidos, é possível ver os jovens executando uma série de chutes em postes e até tentando retirar lâmpadas do sistema de iluminação da pista de caminhada do Parque Municipal Jaboti.

Já em um segundo vídeo compartilhado, agora na região do Parque Municipal dos 70, é possível ver um dos garotos arrancando o globo de luz e “jogando bola” com o objeto.

Segundo o delegado-chefe da 17ª SDP, Marcus Felipe, dentro do inquérito será anexado avaliação emitida pela prefeitura dos danos contra o patrimônio público.

“O procedimento será então encaminhado ao Juízo da Infância e da Juventude da comarca de Apucarana para as devidas responsabilidades”

explica o delegado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.