Segurança

Adolescente que fugiu para encontrar youtuber faz revelações dramáticas sobre noite na casa do ídolo

A adolescente, de 12 anos, foi submetida à exames que verificam se ela sofreu algum tipo de violência ou abuso sexual. O youtuber Rafael Caribe tem 19 anos

Daniela
Daniela Borsuk com Tiago Silva | RIC Record TV
Adolescente que fugiu para encontrar youtuber faz revelações dramáticas sobre noite na casa do ídolo
(Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

2 de abril de 2021 - 13:31 - Atualizado em 5 de abril de 2021 - 14:01

A adolescente de 12 anos que fugiu da casa dos pais, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, para encontrar o youtuber Rafael Caribe, de 19 anos, em Osasco, no interior de São Paulo, fez revelações dramáticas para a polícia ao relatar como foi a noite que passou na casa do ídolo da internet.

Conforme o relato da adolescente, de primeiro nome Stefani, ela chegou em São Paulo à noite, após rodar mais de 400 km em um carro de aplicativo enviado por Rafael. Após ser recepcionada, a menina foi colocada para dormir na cama de cima de um beliche, onde afirma ter “apagado”. Ela ainda contou que acordou por volta da meia-noite, com Rafael em cima dela e pediu por socorro.

Ao ouvir o desespero da adolescente, a mãe do suspeito, que também estava na casa, colocou a menina para dormir junto com ela, em outro quarto. Porém, a mudança não foi o suficiente para proteger Stefani, que contou que foi novamente importunada por Rafael por volta das 3h. O jovem teria obrigado a mãe a sair do quarto e se trancou no cômodo junto com Stefani. Não há, no entanto, informações sobre o que teria ocorrido a partir de então, já que o caso segue sob segredo de Justiça.

Rafael Caribe está sendo investigado pela Polícia Civil do Paraná. A adolescente foi submetida à exames que verificam se ela sofreu algum tipo de violência ou abuso sexual. Stefani voltou para casa também enviada por Rafael em um carro de aplicativo na quarta-feira (31), após ficar mais de 24 horas desaparecida.

Atualização

Conforme informações iniciais, há a expectativa de que a polícia peça a prisão preventiva de Rafael nos próximos dias. É possível que a mãe do jovem também seja responsabilizada pela situação.

O caso

A adolescente desapareceu na tarde de terça-feira (30) e deixou uma carta para os pais, dizendo que os amava, mas que estava cansada de morar ali. Pedia ainda que não a procurassem. Assustados com o sumiço da filha, os pais acionaram o Conselho Tutelar e a Polícia Civil. Rastreando o celular de Stefani, a mãe da adolescente descobriu o destino da menina: São Paulo. Ela realizou a viagem em um carro de aplicativo chamado por Rafael.

Reencontro de Stefani com a mãe, na delegacia de Fazenda Rio Grande (Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

Com a repercussão do caso e as investigações da polícia, depois que a menina passou a noite na casa do youtuber, ele colocou a adolescente novamente em um carro de aplicativo e a mandou de volta para Fazenda Rio Grande na quarta-feira (31). As informações da menina são de que conheceu Rafael pela internet e que conversavam há cerca de 1 ano e dois meses.

Rafael teria mandado a adolescente de volta para casa após receber um aviso do Conselho Tutelar de Osasco, acionado por uma conselheira de Fazenda Rio Grande. O youtuber foi identificado pela mãe de Stefani, que encontrou o endereço de Rafael em um diário da filha.

Após o início das investigações, Rafael excluiu todas as suas postagens e vídeos nas redes sociais e no Youtube. Ele ainda postou um stories na quinta-feira (1º), afirmando ter tido “um ataque”, que não se lembrava de nada e que precisava cuidar da saúde mental.

(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.